Entenda o que significam os números do cartão de crédito

Por Redação IQ 360

o que significam os números do cartão de crédito

Seja para despesas cotidianas ou para pagamentos de compras grandes, o cartão de crédito é o meio de pagamento mais procurado devido à praticidade e segurança desse.

Mas como ele funciona? Como sabemos, todo cartão de crédito tem uma sequência de números e, por mais que pareçam ser aleatórios, eles seguem um padrão definido.

Sempre que você realiza uma compra, diversos dados são transmitidos por essa sequência numérica. Quer saber o que são os números do cartão de crédito e o que cada um significa? Então, continue lendo o nosso artigo e fique por dentro!

Saiba se a anuidade do seu cartão de crédito vale a pena!

Confira nosso guia completo!

E-mail enviado com sucesso.

Números do cartão de crédito: o que cada um significa?

Como dito antes, os números do cartão de crédito não são colocados de forma aleatória. Você pode decodificar os números e até mesmo descobrir se o cartão é falso ou válido.

Ele segue padrões pré-estabelecidos pela Organização Internacional de Padronização, a fim de garantir a segurança dos diversos cartões em circulação.

Os 6 primeiros dígitos do cartão são utilizados para identificar a bandeira dele (Visa, Elo, MasterCard etc.), o banco emissor (Santander, Itaú, Banco do Brasil Caixa etc.) e a sua funcionalidade (débito, crédito ou ambos).

É o primeiro dígito que indica a bandeira. Por exemplo, todos os cartões da Visa começam com o número 4, enquanto os da American Express com o 3 e os da MasterCard com o dígito 5. Como regra, todos os cartões de crédito só podem começar com os dígitos 3, 4, 5 ou 6.

Os 9 dígitos seguintes são utilizados para identificar o cliente, a agência bancária, entre outros dados pessoais, como as bandeiras que estão autorizadas a utilizar.

Vale ressaltar que essa sequência pode variar conforme a bandeira e o país. Exemplificando, o cartão de crédito da Diners Club possui 14 dígitos, enquanto o da Visa pode ter entre 13 a 16. Entretanto, o funcionamento e o propósito geral são os mesmos sempre.

Por fim, o último número do cartão segue uma fórmula matemática desenvolvida pelo engenheiro Hans Peter Luhn. Ele é basicamente o dígito verificador.

Muitas vezes, os números do cartão são digitados ou transferidos. Ao realizar compras pela internet, por exemplo, o consumidor pode acabar digitando algum número errado. Em alguns casos, a maquininha também pode ler um dígito errado e, ainda assim, transmiti-lo.

É justamente para essas situações que o dígito verificador existe. Ele é determinado de acordo com os outros números.

Ou seja, se qualquer outro número do cartão de crédito for diferente, o último dígito também deve ser. Assim, quando algum número é digitado errado, o cartão ou a compra não é validado.

Essa regra você encontra até mesmo para cartões virtuais, como da Digio e do Nubank.

O que é o CVV?

O Valor de Verificação de Cartão (CVV) são os três dígitos impressos que ficam no verso do cartão. Ele nunca é gravado com relevo igual os outros números, e a sua função principal é ser uma camada de proteção adicional.

Você não precisa desse código para compras em lojas físicas, como supermercados, restaurantes, shoppings etc. Ele também não é reconhecido durante a leitura magnética pela maquininha.

Todavia, o CVV é sempre solicitado para compras feitas pela internet, pois funciona como uma senha, comprovando que o usuário possui o cartão em mãos.

Por que o cartão tem data de validade?

O cartão de crédito possui data de validade por três motivos: desgaste, segurança e novas oportunidades ao cliente.

A maioria dos bancos envia cartões novos no mínimo a cada 3 anos, pois, caso eles tenham fita magnética, é possível que, depois desse tempo, eles comecem a se deteriorar, comprometendo o uso.

Outro motivo é para diminuir riscos de fraudes, seja na internet ou em situações nas quais a transação é realizada manualmente. Com a alteração da data de validade, os dados do cartão também mudam.

O terceiro motivo é que, com a data de expiração se aproximando, a instituição financeira avalia o cadastro do cliente e, assim, entram em contato oferecendo novas condições, benefícios ou serviços.

Como manter as finanças em dia?

Uma dica importante para não ter problemas com cartões de crédito é manter em dia suas finanças. Infelizmente, muitas pessoas ainda não mantêm um bom planejamento financeiro, tarefa que é fundamental para não cair em dívidas ou ciladas.

Controlar os seus gastos é um dos primeiros passos para a organização financeira. Mas é preciso que esse controle seja levado a sério pelo consumidor, já que, muitas vezes, o entusiasmo pode deixar dívidas de longos períodos.

Assim, para fugir de furadas e não perder o controle, é essencial saber qual o momento certo de realizar uma compra, seja à vista ou parcelada, a fim de não comprometer o seu bolso.

Para controlar seus gastos e contas todos os meses, você pode contar com ferramentas online de controle de gastos.

Manter o hábito de anotar todas as despesas mensais, inclusive contas de casa, como água, gás e luz, pode auxiliar na visualização do dinheiro que entra e sai da sua fatura.

Pensando nisso, saiba que nós, do Iq, podemos ajudá-lo na organização das suas contas mensais com a nossa plataforma, sem que você precise sair de casa. Gerencie suas contas direto do nosso app e mantenha sua vida financeira saudável!

Agora, você entende o que são os números do cartão de crédito e o que cada um significa, sabendo como descobrir se um cartão é válido ou falso. E aí, gostou do nosso post? Então acesse nosso site e confira nossos conteúdos.