Renda extra: aprenda como ser Uber e complementar seu orçamento

Por Redação IQ 360

Renda extra: aprenda como ser Uber

Criada em 2009 por dois empresários, a Uber nasceu a partir da ideia de que qualquer pessoa poderia acionar um serviço de transporte a partir de um clique em seu smartphone. No ano seguinte, o aplicativo entrava em atuação e, a partir daí, não demorou muito para que pessoas de todo o mundo aderissem ao papel de passageiros ou mesmo começassem a se questionar sobre a possibilidade de como ser Uber

A adesão tornou-se cada vez maior e, hoje em dia, já são milhões de usuários no Brasil. Como ser Uber acabou se tornando uma excelente oportunidade de atuação, já que a demanda não pára de crescer, muitas pessoas passaram a fazer de seus carros particulares um instrumento de trabalho e a ganhar um dinheiro extra

Se você identificou uma necessidade de ter aumentar seus rendimentos ou mesmo de ter uma nova profissão, com certeza já deve ter se questionado sobre como ser Uber. Por isso, preparamos um passo a passo com todos os processos e informações que você precisa ter para poder começar agora mesmo a ganhar dinheiro!

Como ser Uber: passo a passo e como se cadastrar

O primeiro passo de como ser Uber é entrar no site e fazer seu cadastro, informando nome, contato e outras informações pessoais. Esse cadastro é bastante simples, mas vale a pena destacar que é fundamental estar com todos os documentos e dados em dia para poder garantir que o cadastro irá dar certo. Documentos vencidos e outras pendências devem, idealmente, tornarem-se itens resolvidos antes mesmo dessa fase.

Envie a documentação

Após o cadastro, é necessário enviar uma foto de sua CNH (Carteira Nacional de Habilitação) para o aplicativo. A foto pode ser tirada pelo celular mesmo, desde que a qualidade demonstre-se legível, e enviar no campo aberto para isso.

Atenção: A PPD (Permissão para Dirigir), concedida a motoristas que tiraram a habilitação há menos de um ano, não é aceita pela Uber.

Em seguida, é realizada uma verificação dos dados fornecidos para validar o acesso à plataforma. Por isso, confira tudo antes do envio e certifique-se de que todos os dados estão pertinentes e corretos.

Quando seu cadastro e CNH forem aprovados, é hora de enviar à Uber o CRLV (Certificado de registro e licenciamento de veículo). Da mesma maneira que a CNH, ele é enviado de maneira digital, com foto pelo celular. É preciso ficar online para essa etapa, para que seja possível conversar com a Uber caso seja necessário.

Confira se atende aos requisitos

Como ser Uber é uma atividade profissional, é preciso que sejam cumpridos alguns pré-requisitos básicos para se adequar à plataforma. Essas exigências podem ser feitas tanto sobre o motorista quanto sobre o veículo. Confira!

Motorista: antes de começar a dirigir, é preciso adicionar o “EAR” (exerce atividade remunerada) à sua carteira de habilitação. Isso é essencial para estar de acordo com a lei de trânsito e evitar problemas futuros com a vigilância e com a própria Uber.

Veículo: são aceitos somente veículos de ano a partir de 2008, com 4 portas, 5 lugares, e que estejam munidos de ar-condicionado.

Cumpra as exigências adicionais

Se você chegou até aqui, falta pouco para começar a ser um motorista de Uber e encontrar uma maneira de turbinar seu rendimento mensal.

Agora, falta somente enviar uma foto para ser exibida em seu perfil de motorista parceiro. Essa foto é simples, mas deve ser sempre de frente, com enquadramento centralizado. Não é permitido usar óculos escuros e ela deve mostrar rosto e ombros. Também são vetadas fotos com outras pessoas junto ou fotos de fotografias impressas, inclusive a da própria CNH. A Uber exige ainda que as fotos estejam bem iluminadas, com foco e boa resolução, permitindo identificação fácil.

Quais são os gastos que um Uber tem?

As principais despesas de um Uber giram em torno do combustível e da manutenção do carro. Isso irá depender muito do rendimento e das condições do veículo, mas é preciso estimar isso antes de começar a dirigir para saber se o resultado irá compensar.

A cada corrida, são cobradas taxas variáveis, que mudam de acordo com a cidade. Na plataforma, é possível encontrar os valores de referência e um modelo de cálculo para cada motorista entender o quanto ganha.

Caso o veículo não seja próprio, é preciso considerar também o valor da locação. Impostos e seguro também devem entrar na conta, assim como a possibilidade de comprometer parte do lucro com multas de trânsito.

Quanto um Uber ganha

Estipular a renda de um motorista de Uber é complexo, pois exige a consideração de variáveis como tempo de trabalho, cidade de atuação e gastos do veículo.           De qualquer maneira, é possível afirmar com certeza que a atuação é rentável e que pode ser uma excelente opção de carreira, principal ou complementar, para muitas pessoas.

No entanto, é preciso ter muita organização financeira para lidar com o dinheiro extra e fazer com que ele realmente seja útil. Tenha atenção à despesas durante o expediente, como alimentação e compras necessárias, e considere tudo isso antes de calcular seu custo real.

Para fazer isso com mais facilidade, vale a pena utilizar um aplicativo de controle de gastos, como o iq, e garantir que todos os seus gastos e entradas estão devidamente registrados. Isso ajuda você a ter suas finanças mais controladas e a ter a certeza de que seu dinheiro está em boas mãos, seguro, e, é claro, sendo bem utilizado para o pagamento de suas contas e despesas sem riscos de atrasos e multas. Baixe agora mesmo o app e torne sua renda extra ainda mais produtiva!