Como funciona uma conta universitária? Aprenda tudo aqui!

Por Redação IQ 360

Ingressar em um curso de graduação ou pós-graduação e ter uma carteirinha de estudante pode trazer alguns benefícios para a sua vida. Pagar meia entrada no cinema e a possibilidade de ter uma conta universitária são as mais conhecidas. 

Para os bancos, a conta universitária é uma forma de captar novos clientes e fidelizá-los ao longo do tempo. A chance de desenvolver uma relação duradoura que seja continuada a partir do momento que o universitário ingressar no mercado de trabalho. 

Por esse motivo, é muito comum que as instituições financeiras tenham ações fortíssimas voltadas para esse público. Mas apesar de bastante atrativa, nem sempre a conta universitária pode ser a mais indicada para você. 

É preciso avaliar as vantagens e desvantagens dessa modalidade e compará-la com as demais para verificar o pacote ideal para o seu perfil. 

Neste artigo você vai encontrar um panorama sobre a conta universitária e dicas para descobrir se ela serve para o seu caso. 

Como funciona a conta universitária?

Os grandes bancos possuem total interesse em captar e reter clientes de perfil universitário. Para alcançar esses alvos, é comum que eles ofereçam pacotes de benefícios bastante atrativos para este público. Afinal, a maioria dos universitários é composta por jovens super antenados com as tendências, que podem acabar não tendo contato com as instituições mais tradicionais, por estarem mais conectados com os chamados bancos digitais, startups e fintechs. 

A conta universitária funciona como qualquer outra conta corrente comum. É possível fazer depósitos, saques, transferências e outros serviços. Por isso, o banco irá exigir uma série de documentos para abrir a conta, que pode variar de acordo com cada instituição. Em geral são solicitados vias originais e cópias de:

  • Documento de identidade 
  • CPF 
  • Comprovante de residência
  • Comprovante de matrícula da universidade
  • Comprovante de renda (se houver)

Se o universitário for menor de 18 anos vai ser necessário que o pai, mãe ou responsável forneça documentos também e acompanhe o processo de abertura da conta para poder assinar o contrato.

É importante frisar que só se encaixam na categoria universitários os estudantes de graduação e pós-graduação devidamente matriculados em instituições de ensino superior. Caso seja comprovado que a matrícula foi cancelada ou trancada, por qualquer motivo, o banco pode excluir o cliente dessa modalidade de conta e automaticamente enquadrá-lo em outra categoria.  

Vantagens da conta universitária

O bancos consideram que os universitários, teoricamente, não possuem fonte de renda própria. Mais do que isso, eles possuem muitas despesas para poder estudar, como a mensalidade da universidade, transporte, materiais e até mesmo moradia para aqueles que estudam longe de suas cidades de origem. Nessa fase da vida, qualquer economia é válida. 

Por isso, a conta universitária possui vantagens como tarifas mais acessíveis, isenções de algumas taxas, facilitação de acesso a cartão de crédito, empréstimo pessoal pré-aprovado e desconto em demais serviços. 

Com o cartão de crédito, o estudante pode adquirir e parcelar os materiais ou equipamentos de alto custo necessários para a graduação, como um computador, por exemplo. 

Além disso, os bancos oferecem benefícios que ultrapassam as operações financeiras como programas de pontos, parcerias de desconto com lojas, estabelecimentos de entretenimento e lazer

Para saber exatamente as vantagens da conta universitária de cada um dos principais bancos, acesse os links abaixo. 

Banco do Brasil

Itaú

Santander

Bradesco

Desvantagens da conta universitária

É justamente no crédito facilitado que mora o perigo de ter uma conta universitária. Se o estudante não possui renda, tem muitas despesas e crédito é muito fácil, as chances de se enrolar financeiramente com o banco são grandes. 

Para que isso não aconteça, é necessário conhecer profundamente a sua condição financeira para ter controle sobre a situação. Facilidades como o cartão de crédito e o empréstimo pré-aprovado só devem ser utilizados em caso de extrema necessidade, ou na certeza de quitação da dívida dentro do prazo. 

É imprescindível ser extremamente organizado com as finanças, anotar todos os gastos e saber como administrar o dinheiro. Esteja atento para não acabar numa bola de neve de dívidas. 

Outra desvantagem da conta universitária pode ser o número limitado de determinadas operações. Por exemplo, existem bancos que estabelecem apenas 4 saques mensais sem cobrança de tarifa. Dependendo do seu perfil de consumo desse tipo de serviço, não vale a pena se enquadrar nessa categoria. Faça uma avaliação do que é mais adequado pra você. 

Qual o valor da taxa da conta universitária?

Provavelmente as taxas da conta universitária serão sempre as mais atrativas. Os preços de pacotes mensais nos grandes bancos varia entre R$ 3,80 e R$ 7,90. Tudo depende do banco, os tipos de benefícios e serviços oferecidos. 

As tarifas de conta corrente normais, em geral, possuem valor acima para os pacotes mais simples. 

Cartão de crédito universitário

As contas universitárias oferecem opção de acesso a cartão de crédito. O limite varia de acordo com o banco escolhido e são escolhidos com base no perfil de consumo e de renda (caso haja) do cliente. O mais comum é que inicialmente o valor seja menor (R$ 300,00) e vá aumentando gradativamente ao longo do tempo, dependendo do uso e do histórico de pagamentos, podendo atingir limites de até R$ 1.200,00. 

Como abrir uma conta universitária?

Por conta de exigir apresentação de documentos, provavelmente você precisará comparecer pessoalmente na agência de sua preferência. Mas verifique se o banco escolhido oferece a opção de fazer a abertura da conta de forma on-line, através do site ou aplicativo da instituição financeira. 

Vale a pena ter uma conta universitária?

Depende. O seu perfil de consumo como cliente de banco irá definir se vale a pena ou não. Compare as opções disponíveis no mercado e escolha a mais adequada para você. Não esqueça que a organização financeira é fundamental neste momento. O iq pode te ajudar a organizar o seu orçamento mensal, através da plataforma você consegue controlar seus gastos e ter dados que te ajudam a economizar e escolher as melhores opções de serviços financeiros.