Conheça a história dos primeiros cartões de crédito do mundo

Por Redação IQ 360

primeiro-cartao-historia

Cartões de crédito são cada vez mais aceitos e utilizados. Atualmente, não são usados apenas para compras em lojas, mas também para facilitar compras realizadas pela internet.

A cada dia que passa a relação entre instituições financeiras e clientes evolui e, com isso, evoluem também os cartões de créditos. Novas formas de facilitar a vida do cliente, de utilizar o cartão e benefícios surgem e o pequeno retângulo de plástico ganha mais adeptos e se destaca como modo de pagamento.

Saiba como ser aprovado para um cartão de crédito!

Confira dicas exclusivas no ebook iq para aumentar as chances de ser aprovado para um cartão de crédito

E-mail enviado com sucesso.

Como surgiram os primeiros cartões de crédito?

Já comentamos sobre o surgimento do cartão de crédito propriamente dito, como o primeiro deles foi criado pela Diners Club International em 1950 e como apenas em 1955 eles passaram a ser feitos de plástico. No entanto, há muito mais para saber sobre a história do cartão de crédito.

Ainda que o primeiro cartão de crédito seja esse de 1950, sua história começa com o surgimento da própria ideia de conceder crédito, que é muito mais antiga.

Assíria, Babilônia e Egito registram as primeiras transações baseadas em crédito no mundo, datando de mais de 3.000 anos atrás. Ainda assim, a primeira venda que se considera como feita a crédito é muito mais recente. Ela aconteceu em 1973 e foi feita por Christopher Thornton.

Thornton possuía uma loja de móveis e estava tendo pouca saída de produtos. Vendo os moveis acumular, decidiu realizar vendas em que o móvel era retirado no dia e o preço dividido em parcelas a serem pagas semanalmente.

Ainda que o parcelamento tenha sido semanal, o processo é o mesmo adotado nos cartões de crédito: confia-se que o cliente pagará as parcelas e cria-se uma forma de possibilitar a compra para quem não pode desembolsar todo o valor de uma vez.

O processo de parcelamento semanal era usado também pelos chamados “tallymen” entre meados do século XVIII e início do século XX. Esses vendedores de roupa faziam parcelas semanais para clientes e controlavam o pagamento com uma vara de madeira. De um lado era feita a marca do total da dívida, à medida que as parcelas eram pagas, eram marcadas do lado oposto até a quitação. O nome tallymen vem, exatamente, desse processo de registrar na madeira a dívida e pode ser traduzido por homens do registro.

No entanto, o mais perto de um modelo de cartão de crédito foi o processo de compre agora e pague depois lançado por algumas lojas dos Estados Unidos em 1920. Cada uma criava uma espécie de cartão para o cliente que podia ser usado para compras parceladas ou para pagamento a vista em um momento posterior à compra. O cartão só era aceito na loja onde esse cartão havia sido feito.

Ainda que não houvesse nenhuma garantia de que o cliente fosse realmente pagar a compra, o que dava um pouco de medo aos lojistas em relação a prejuízos, a ideia foi muito bem aceita e não existem registro de grandes problemas com os pagamentos.

As principais bandeiras de cartão de crédito

Mencionamos já, com o primeiro cartão história, o surgimento da bandeira Diner e American Express em nosso outro texto, mas falar em bandeiras de cartão é um assunto incompleto sem mencionar as duas mais conhecidas: Visa e Mastercard.

A Visa surge em 1966 com o nome de BankAmericard com grande aceitação entre os estabelecimentos. Rapidamente tornou-se um dos principais concorrentes do Diners, sendo aceito em mais de 12 milhões de pontos comerciais.

No mesmo ano foi criada a bandeira Mastercard, que no início se chamava Master Charge. Seu crescimento não foi tão rápido e expressivo quanto a bandeira Visa, mas foi suficiente para manter-se por todos esses anos e garantir o segundo lugar entre as atuais bandeiras de cartões de crédito.

Em 1981, a Diners Club sofre uma grande mudança. Tendo sido comprada pela Citicorp passou a ser conhecida pela bandeira Citibank. Por muitos anos foi uma das primeiras entre as bandeiras de cartão de crédito, mas, apesar de ainda existir, perdeu a popularidade e é pouco expressiva atualmente.

Nos dias de hoje, Visa, Mastercard e American Express, ainda que a última tenha um nicho muito específico de clientes, se mantém como as três bandeiras de maior força no mercado nacional e internacional.

Primeiro cartão: história de educação financeira

Conhecer a história do surgimento e evolução dos cartões de crédito faz perceber que tudo se baseia em facilitar as possibilidades e aumentar o poder de compra do consumidor, sempre acompanhado de uma preocupação com sua capacidade em pagar pela compra.

Com o primeiro cartão da história conta os riscos assumidos pelos vendedores. Hoje os riscos são menores, mas a possibilidade de se criar dívidas com esses cartões ainda se mantêm.

Quer usar seu cartão de crédito e todas as facilidades oferecidas sem prejudicar seu orçamento? Aprenda com os conteúdos do iq a melhor forma de organizar seu orçamento e controlar os gastos no crédito e débito.