O que é o CEI (Canal Eletrônico do Investidor)?

Por Redação IQ 360

voce-sabia-que-o-brasil-ja-teve-mais-de-uma-bolsa-de-valores

O Canal Eletrônico do Investidor (CEI) é um serviço on-line oferecido pela B3 (Brasil Bolsa Balcão), a bolsa de valores brasileira, para consultas de transações. Ele é destinado a todos os investidores que aplicaram em ativos financeiros, como ações, derivativos, garantias, Tesouro Direto, proventos, valores mobiliários etc.

O principal objetivo do canal é listar o histórico de transações, como compra, transferência e venda de ativos, dos últimos 18 meses. É uma espécie de “extrato” dos investimentos, que pode ser muito útil para quem tem conta e aplicações em mais de uma corretora ou banco.

SAIBA+IQ: As ações listadas na B3

Quais informações estão disponíveis no CEI?

No CEI, é possível acessar informações como: o saldo diário e extrato mensal de custódia dos ativos, saldo no mercado a termo e futuro, saldo no mercado de opções, saldo de ativos depositados para garantia de posições, saldo de títulos do Tesouro Direto e aviso de empréstimo de ações (BTC). Essas mesmas informações podem ser enviadas por e-mail, caso o investidor prefira. Basta acessar o canal e escolher, no menu superior, a opção “Extratos e Informativos”. Em seguida, escolha o item “Configurar envio de extratos” e selecione a opção “e-mail”.

SAIBA+IQ: Fundos de investimento: por que ter e como escolher

Como acessar o CEI?

Para acessar o canal, é necessário ir ao site do CEI, inserir o CPF ou CNPJ do investidor e uma senha. Essa senha é enviada para o e-mail do investidor no momento do registro da conta em corretora ou banco. Se não houver um e-mail cadastrado, a senha é enviada por correio para o endereço residencial do investidor.

Por segurança, a B3 exige que a senha seja trocada a cada 6 meses (180 dias). Caso a senha tenha expirado, será necessário solicitar uma recuperação de credencial, e as orientações para a troca da senha serão enviadas para o e-mail registrado nas informações da conta na corretora ou banco. O mesmo vale para solicitações de troca de senha dentro do período de 180 dias.

Caso o investidor tenha a senha bloqueada, será necessário preencher uma série de informações na aba de recuperação de senha, como data de nascimento e CPF ou CNPJ do investidor.

SAIBA+IQ: Mercado da Cannabis: será que essa onda vai pegar?

Por que acessar o CEI?

Primeiro, o CEI é uma ferramenta útil para reunir informações de diferentes ativos em um único local. Se o investidor for cliente em mais de uma corretora, ele não precisará cruzar as informações de cada uma delas; o CEI centraliza os dados de acordo com o CPF ou CNPJ do investidor.

Ele é uma forma de controle da carteira do investidor, e pode ser usado para aferir ganhos em determinado período. No entanto, é importante dizer que o CEI não serve como informe de rendimentos para a declaração anual de Imposto de Renda.

Investidores que têm ações ou outros ativos em carteira precisam solicitar o informe de rendimentos para a instituição financeira em que possuem conta. É somente no informe que todos os dados estão dispostos de acordo com as exigências da Receita Federal.

SAIBA+IQ: Tá ligado nessa nova forma de investimento? Tudo sobre o LIG

As informações foram úteis?

Você não achou esse artigo útil.
Nos ajude a melhorar! Como podemos tornar esse artigo mais útil?
Agradecemos pelo seu feedback!