O que é o CEI (Canal Eletrônico do Investidor)?

Por Redação IQ 360

voce-sabia-que-o-brasil-ja-teve-mais-de-uma-bolsa-de-valores

Qualquer pessoa que aplica dinheiro na Bolsa de Valores brasileira (a B3 – Brasil, Bolsa, Balcão), seja em Ações, em Valores Mobiliários ou em qualquer outro produto disponível, precisa poder acompanhar as movimentações de seus investimentos. É exatamente isso o que é CEI, o Canal Eletrônico do Investidor: uma plataforma online de acesso exclusivo para investidores da Bolsa consultarem informações tais como o histórico de suas transações, os saldos e os “extratos” de seus investimentos.

Não é preciso sequer fazer um cadastro – assim que a pessoa registra alguma aplicação na B3 e informa seu CPF ou CNPJ, o sistema cria uma senha de acesso ao CEI e a envia para o novo investidor.

🡪 Conheça as ações que são listadas na Bolsa de Valores do Brasil

Qual a importância e para que serve?

Além de saber o que é CEI, é preciso entender que, além da plataforma disponibilizada pela própria corretora/instituição financeira particular contratada por cada investidor, o Canal Eletrônico do Investidor é uma das ferramentas de controle mais importantes     .

É no CEI que as informações “oficiais” sobre as atividades relacionadas aos ativos são registradas: transferências dos últimos 18 meses, rendimentos, reembolsos, saldos, etc.

Mesmo quem possui aplicações em diferentes corretoras verá todas elas unidas sob o mesmo CPF ou CNPJ no Canal Eletrônico do Investidor. Se não está aparecendo no CEI, então, a movimentação não foi processada pela Bolsa.

Por disponibilizar de maneira simples e protegida todos os dados importantes relacionados às diferentes opções de aplicações, o CEI é uma ferramenta de controle financeiro essencial para o investidor da Bolsa. O acesso frequente ao canal, apesar não ser obrigatório, é extremamente recomendável.

Agora que já vimos o que é CEI, confira mais alguns motivos pelos quais o Canal deve ser usado:

– Agrupa os investimentos realizados junto a diferentes corretoras/instituições financeiras, facilitando o cruzamento de informações e comparações de rendimento;
– Auxilia a ter maior controle sobre a carteira de investimentos;
– Certifica oficialmente as aplicações e movimentações realizadas na Bolsa de Valores, dando mais segurança ao investidor;
– Disponibiliza relatórios sobre os extratos e informativos da B3.

Quer saber como ter recomendações de investimentos GRÁTIS?

Não quer ser o último a saber como investir a partir de recomendações de especialistas totalmente grátis, não é? Política de Privacidade

Acesse seu E-mail para baixar o conteúdo.

Quais informações estão disponíveis no CEI

  • Além de ter acesso aos dados e informes na própria plataforma, o investidor pode solicitar o envio dessas mesmas informações por e-mail. Confira o conteúdo que pode ser encontrado no CEI:
  • Saldo diário e extrato mensal de custódia dos ativos
  • Extrato de negociação dos ativos
  • Informes de rendimentos e reembolsos
  • Saldo no Mercado Futuro
  • Saldo no Mercado a Termo
  • Saldo no Mercado de Opções
  • Saldo de ativos depositados para garantias de posições
  • Saldo de Títulos Públicos
  • Avisos de transferências
  • Aviso de movimentação

Visto o que é CEI, como acessar o Canal Eletrônico do Investidor?

Não é possível acessar o CEI – Canal Eletrônico do Investidor caso a pessoa não possua um investimento registrado na Bolsa de Valores do Brasil. Assim que a aplicação é registrada na B3 pela corretora/instituição financeira particular contratada pelo investidor, ele ganha uma senha de acesso exclusiva, que é enviada para o e-mail que foi assinalado junto à instituição financeira – ou, se o e-mail não foi informado, via Correios, para o endereço cadastrado do cliente.

Com posse da senha e do número de CPF ou CNPJ que registrou na B3 quando feito o investimento, o passo a passo abaixo para acessar o CEI é:

– Acessar a página do Canal Eletrônico do Investidor;

– Informar os dados solicitados e acesse o canal;

– A senha precisa ser trocada cada 180 dias (6 meses): as informações sobre a troca de senha são enviadas para o e-mail que foi cadastrado junto à corretora/instituição financeira particular de cada investidor;

– O próprio CEI disponibiliza uma página para auxiliar no processo.

Gostou das dicas? Então acesse o site do iq para mais artigos sobre o assunto.