Dicas de viagem para quem não quer gastar muito

Por Redação IQ 360

as-melhores-dicas-de-viagens

Para muita gente, viajar é algo distante, para quem tem muito dinheiro sobrando. Já para outros, é comum e, mesmo com pouca grana, fazem um esforço para descansar em um lugar diferente, ou conhecer novas culturas.

De todo modo, é universal que viajar pode ser uma ótima experiência e, há aqueles que, inclusive, vivem e trabalham para que possam fazer uma viagem legal e conhecer um lugar diferente daquele em que sua rotina se concentra.

Além do mais, viagem nem sempre implica sair do país, ou mesmo do estado. Quando se fala em Brasil, sabemos que há um vasto território a ser explorado e, boa parte do mesmo, subestimado pelos próprios filhos da pátria.

Por exemplo, o interior de Minas Gerais pode ser muito aconchegante e tem cidades lindas, com uma comida de dar água na boca, e muita gente das capitais próximas não tem ideia disso.

No caso de São Paulo, a coisa funciona do mesmo jeito, há muitas cidades do interior de enorme valor cultural, histórico e gastronômico que faz uma ida valer a pena. Estes são só alguns pequenos exemplos do que pode ser encontrado em nosso país.

Além disso, viagens para países próximos, como Argentina e Uruguai podem ser uma ótima opção para quem não dispõe dos recursos necessários para fazer uma visita a Paris.

Assim, para te deixar por dentro de todas as possibilidades no quesito viagem e para que você crie coragem para se aventurar, iremos te dar algumas dicas de viagem.

Transporte mais barato

Um dos fatores impedidores na hora de escolher fazer uma viagem é o custo do deslocamento. Muitas vezes o turista desiste de fazer uma viagem porque a passagem custa tudo que ela teria para pagar pela viagem inteira.

De fato, o custo de deslocamento no Brasil, de modo geral, é caro. Combustível está cada vez mais caro, passagens aéreas nem se fala, e até o preço do ônibus não está lá essas coisas.

Mas, calma, há uma palavra essencial na hora de resolver viajar que pode mudar o rumo – e o preço – das coisas: planejamento. Para dicas de viagem é preciso também planejar.

Isso mesmo, não é possível fazer uma viagem com bom custo benefício sem que antes haja um planejamento adequado. Por quê?

Porque toda vez que você decidir viajar de última hora, sem planejamento, além de não conseguir encaixar os custos da viagem de maneira adequada em sua receita, você ficará refém dos altos preços e não terá tempo, nem possibilidade de comparar preço.

Para começo de conversa, caso haja necessidade de deslocamento aéreo, se você comprar a passagem com antecedência, conseguirá preço mais barato.

Isso, o preço de uma passagem aérea para Nova Iorque amanhã será muito mais caro do que o preço de uma passagem para lá daqui a 6 meses, ou melhor, maior ainda do que daqui a um ano.

Por isso, para comprar uma passagem aérea é de extrema importância, caso queira economizar, que você compre com muita antecedência

Para além, se houver a possibilidade, procure meios alternativos para se deslocar. Uma passagem aérea de São Paulo para Curitiba é em média R$400,00. Com esse dinheiro e um pouco mais de esforço, você coloca combustível no carro para ir e voltar com toda a família, viaja 6 horas (pode ainda fazer umas paradinhas para descansar do volante), e ainda pode pagar por sua estadia lá, caso a viagem seja por um final de semana, por exemplo.

Em casos como esse, em que a distância não é tão grande, vale muito a pena fazer um esforço e ir de carro ou ônibus, deixa a viagem muito mais barata.

Hospedagem coletiva

Sempre que puder, reduza o valor da hospedagem. Abrir mão de um luxo, nesse sentido, pode significar ter dinheiro para fazer o que realmente importa quando estiver viajando.

Há muitas possibilidades, e todas elas podem e devem ser exploradas. A mais polêmica, talvez, seria a possibilidade de se hospedar em casa de amigos.

Sim, se tiver amigos em cidades próximas não tenha medo de perguntar se pode passar uns dias por lá para visitá-lo e aproveitar para conhecer a cidade.

Para além, há também os Hostels. Hostel nada mais é do que um tipo de acomodação que tem como premissa a socialização dos hóspedes. Há dormitórios compartilhados, alguns com mais privacidade que outros, mas, o que realmente vale a pena: são muito mais baratos do que hospedagens tradicionais.

Além da hospedagem coletiva, caso sinta a necessidade de um tipo de acomodação tradicional, como um hotel ou pousada, não deixe de pesquisar e se planejar e pesquisar as acomodações com antecedência. Isso é essencial para conseguir um lugar com melhor custo-benefício.

Alimentação controlada

Tenha um teto de gastos com alimentação. É muito importante que você se planeje e tenha controle sobre quais serão suas refeições e o quanto pode gastar em cada uma delas.

Sempre que houver a possibilidade, procure alternativas mais baratas, como comprar coisas em mercados e cozinhar onde estiver hospedado. Água, lanchinhos, etc., tudo isso pode ser comprado no mercado e por preços menores.

Caso queira conhecer algum restaurante mais caro e refinado, inclua esse gasto no planejamento e nas outras refeições procure por opções mais baratas.

Taxas

Antes de finalizar o planejamento da viagem, é muito importante que você esteja atento a possíveis taxas que podem surgir no meio do caminho, elas também devem estar incluídas nos recursos disponibilizados para a viagem.

Se for viajar para países diferentes, precisa ficar atento ao preço do câmbio e a taxa do mesmo. A taxa cambial pode ser uma surpresa desagradável se não considerada antes da viagem.

Há taxas determinadas para permanência em lugares específicos. Como por exemplo para visitar Fernando de Noronha.

Isso mesmo, para permanecer em Fernando de Noronha é preciso pagar uma taxa diária de R$68,74. Essa taxa é recolhida no aeroporto, por isso é necessário que se informe o tempo de estadia. Vale lembrar que a taxa é importante para a preservação e sustentabilidade do local.

Siga seus planos

O planejamento deve ser seguido sempre que possível. Isso evita gastos desnecessários e compras por impulso. Assim, sua viagem será mais agradável e você não terá que se preocupar com uma fatura imensa no final do mês.

Ainda, o iq, além de te dar dicas de viagem, te ajuda a organizar sua vida financeira para que você tenha uma visão mais objetiva na hora de planejar a viagem dos seus sonhos.