Anuidade diferenciada: entenda como funciona

Por admin

anuidade-diferenciada

Um dos maiores fatores que qualquer pessoa deve analisar na hora de escolher um cartão de crédito pessoal é o valor da anuidade. Isso porque, mesmo que essa taxa esteja ligada a diversos benefícios fornecidos pelo cartão, seu custo varia bastante de banco para banco, então nem sempre vale a pena pagá-la. É nesse momento que você deve tentar uma anuidade diferenciada.

Normalmente, esse termo é frequentemente usado pelas empresas de cartão de crédito para convencê-lo de que elas têm a melhor opção para as suas necessidades. Contudo, suas funções e benefícios vão além de uma simples estratégia para conseguir clientes. Saiba mais sobre esse tipo de anuidade a seguir!

O que é a anuidade diferenciada?

A anuidade nada mais é do que um acordo feito com o objetivo de pagar anualmente uma taxa a fim de usufruir de um ou mais serviços de uma instituição financeira ou empresa a cada ano. Esse pagamento pode ser feito parcelado.

No caso da anuidade especial, esse pagamento é feito mensalmente. O valor total é dividido pelo número de meses do ano, ou seja, você terá que pagar um total de 12 parcelas mensais ao invés de arcar com uma taxa única e, geralmente, alta.

Para que serve a anuidade do cartão de crédito?

Sempre que usamos um serviço, seja ele qual for, pagamos por ele. Seja o serviço telefônico, o serviço de Internet ou mesmo o seu dentista ou cabeleireiro. Então, não poderia ser diferente com um cartão de crédito; uma anuidade será cobrada pelo uso do cartão. Essa taxa serve para pagar pela sua manutenção, isto é, para mantê-lo funcionando.

Segundo o Banco Central — autoridade que regula todas as instituições financeiras no Brasil —, as bandeiras de cartão de crédito cobram as taxas pelo fornecimento de um ou mais serviços do cartão de crédito utilizado.

Como é definido esse valor?

A taxa varia de acordo com a empresa do cartão de crédito, bem como a marca e o tipo de cartão. Um cartão mais exclusivo e que requer uma renda mais alta, como o American Express, pode ter uma anuidade de aproximadamente R$1.000,00. Embora os cartões mais simples ofereçam taxas muito mais baratas, os valores podem variar bastante de cartão para cartão.

Como a anuidade diferenciada funciona?

Conforme dissemos acima, as anuidades servem para garantir um serviço ou produto do mercado financeiro. Na maioria dos casos, anuidades diferenciadas estão sempre vinculadas a um cartão de crédito.

O intuito dessa modalidade de anuidade é fazer com que o usuário do cartão consiga pagá-la mais facilmente. Por exemplo: ao invés de pagar 3 parcelas de R$60,00 por uma anuidade de R$180,00 é bem mais fácil pagar 12 parcelas de R$15,00, mesmo que ambos os parcelamentos resultem em um valor final igual.

O que muda para a anuidade convencional?

Você já entendeu que, com uma anuidade diferenciada, é possível conseguir dividir o valor total da taxa do cartão de crédito em mais parcelas e, assim, ter um valor menor para pagar mensalmente.

Já com a anuidade convencional, esse preço só pode ser pago à vista ou em até 3 parcelas. Isso significa que, se o seu cartão cobra uma anuidade de R$400 reais, ele só poderá ser dividido em três parcelas de aproximadamente R$133,00.

Como conseguir anuidade diferenciada?

Caso você deseja adquirir uma anuidade diferenciada, entre em contato com a central de atendimento do seu cartão de crédito. Bandeiras como Itaú e Santander oferecem essa possibilidade, então, você só precisará solicitar o novo parcelamento.

Entretanto, existem outras maneiras de fazer com que esse valor pese menos em seu orçamento, e a primeira delas é negociando. Para isso, converse com o gerente do seu banco e explique as suas necessidades. Em boa parte dos casos, o gerente não só diminui o valor da anuidade como também aumenta os benefícios fornecidos pelo cartão.

Anuidade x benefícios

Muitas pessoas acreditam que os benefícios oferecidos pelo cartão de crédito — como milhas aéreas, seguro de viagem gratuito, descontos para parceiros etc. — dependem do pagamento da anuidade.

Entretanto, você pode obter um bom desconto ou até mesmo uma isenção de taxa sem sacrificar os benefícios que eles podem oferecer. Obviamente, quanto maior a quantidade de benefícios, mais caro é o valor da taxa, mas elas não estão diretamente ligadas. Portanto, não tenha receio de negociar sua anuidade.

Como não pagar anuidade no cartão?

Você deve estar se perguntando se é fácil negociar o valor da anuidade ou mesmo deixar de pagá-la. Saiba que a anuidade é uma das taxas mais facilmente negociáveis do mercado, pois a concorrência no setor de cartão de crédito é tão grande que as instituições financeiras farão o possível para mantê-lo como cliente.

Contudo, assim como dissemos no tópico anterior, é necessário saber negociar; apresentar seus argumentos e mostrar que você merece receber o desconto. Porém, caso não consiga boas condições de parcelamento, existem instituições com cartões de crédito que não cobram anuidade, como a Neon, Inter, Nubank e outros.

A única desvantagem desses cartões é que, por não cobram anuidade, a cartela de benefícios costuma ser bastante limitada, resumindo-se a descontos em compras em lojas específicas e juros mais baixos.

Caso você não esteja à procura de um cartão com anuidade diferenciada, mas deseja evitar custos desnecessários com as taxas anuais, a dica é sempre pesquisar a variedade de cartões físicos — e digitais — disponíveis no mercado, bem como todos os seus benefícios.

Nos sites dos bancos que oferecem cartões de crédito, é possível verificar tudo sobre seus principais recursos, requisitos e todas as vantagens e desvantagens. Isso facilita bastante a tarefa de escolher a melhor opção.

Dependendo da situação, pode ser mais vantajoso pagar a anuidade do cartão. Caso você seja uma pessoa que usa bastante o cartão de crédito ou viaja muito a trabalho e precisa ter sempre disponível um seguro de viagens, vale a pena arcar com as taxas do cartão.

As informações foram úteis?

0 / 5 (0 avaliação)