Como economizar em viagens: 3 dicas de viajantes profissionais

Por admin

economizar em viagens

As férias costumam ser um momento muito esperado para a maioria dos trabalhadores que desejam aproveitar o descanso para fazer uma viagem. Ainda que essa seja uma experiência enriquecedora, é importante tomar alguns cuidados para não ultrapassar o seu orçamento. Por isso, vale a pena adotar meios para economizar em viagens.

Sabemos que, durante os passeios, o cuidado com o gasto pode não ser uma prioridade, mas é necessário estar atento às despesas, principalmente se você está utilizando o cartão de crédito.

Afinal, imagina voltar para casa e receber uma fatura impossível de ser paga no mês?

Para que você não fique endividado depois de aproveitar os dias no destino escolhido, selecionamos 3 dicas que vão ajudá-lo a fazer uma viagem mais econômica. Acompanhe!

Motivos para economizar em viagens

Se você pensa que viajar é sinônimo de gastar todo o dinheiro guardado durante o ano inteiro, saiba que essa não é uma ideia recomendada do ponto de vista da saúde financeira. Por isso, elencamos abaixo alguns motivos para começar a economizar nas viagens. Confira!

Prolongar a viagem

Sabia que, ao economizar durante uma viagem, é possível estender o prazo de estadia inicialmente planejado? Afinal, o dinheiro economizado com jantares fora todos os dias, por exemplo, pode ser revertido em mais pagamento de diárias.

Logo, a viagem se torna mais longa do que o esperado, o que possibilita mais tempo para conhecer as atrações com calma.

Evitar dívidas

Durante uma viagem, é comum que as pessoas prefiram utilizar o cartão de crédito e, com isso, não sintam o dinheiro indo embora. Depois, levam um susto quando chega a fatura e não sabem como pagar o montante. Desse modo, ao priorizar a economia, você consegue evitar dívidas que não serão pagas em breve.

Estender a viagem para locais próximos

Quando pensamos em uma viagem, geralmente o foco é em uma cidade específica, pois pensar em mais de uma requer tempo e, principalmente, dinheiro. No entanto, se você souber economizar durante os passeios, existe a possibilidade de sobrar uma quantia para visitar cidades próximas, o que pode ser uma experiência interessante para conhecer melhor a região.

Como economizar em viagens: 3 dicas dos viajantes profissionais

Também conhecidos como nômades digitais, os viajantes profissionais são ótimos aliados quanto o assunto é planejar uma viagem. Afinal, além de darem informações sobre os destinos, eles também nos ensinam a economizar durante os passeios.

Neste post, selecionamos 3 dicas da Anna, do Blog Mala de Viagem, da Luisa, do blog Janelas Abertas e do casal Jair e Nayara, do blog Casal Nômade. Veja a seguir!

1. Escolha um destino barato

A maioria dos viajantes foi taxativa: a escolha do destino é fundamental para proporcionar a economia durante a viagem. Nesse sentido, o ideal é escolher um local alternativo e barato.

Isso porque o custo de vida alto e passeios turísticos caros influenciam diretamente na quantia que será gasta durante a estadia. Desse modo, opte por lugares que ainda não são muito explorados turisticamente.

Nesse caso, a Luisa aconselha a visitar a América Latina, cuja moeda de outros países costuma ser menos valorizada que a do Brasil, e o Sudeste Asiático, pois, ainda que as passagens não sejam baratas, o preço compensa quando o assunto é a estadia e demais gastos.

2. Acumule milhas

Os programas de milhagem são os verdadeiros queridinhos dos viajantes profissionais. A Anna, por exemplo, usa o cartão de crédito para fazer as compras e, com isso, consegue acumular milhas no final do mês.

Existem também os clubes de fidelidade das companhias aéreas, nos quais você paga uma mensalidade específica de acordo com o seu perfil e troca por vantagens na empresa. Os postos de gasolina também oferecem a opção de acumular pontos, mas alguns cobram uma taxa para que eles sejam convertidos em dinheiro, o que pode não ser um bom negócio.

De qualquer forma, na maioria dos casos, vale mais a pena optar pelo acúmulo de milhas pelo cartão de crédito. Assim, você consegue até viajar de graça para onde quiser. Sabemos que a passagem costuma ser um dos itens mais caros de uma viagem, então economizar nela é um ótimo benefício.

3. Escolha a estadia em hostels ou Airbnb

Se você está procurando economia, precisa abrir mão de hospedagens em hotéis e começar a explorar outras opções, como os hostels. Basicamente, eles funcionam como um tipo de pousada com quartos compartilhados, então, caso esteja viajando com um grupo, dá para reservar um único ambiente para todos.

Porém, se estiver fazendo uma viagem sozinho, você dividirá o quarto com outras pessoas, mas não precisa sentir receio, pois existem opções bem seguras e confortáveis. Outra modalidade de hospedagem econômica é o Airbnb, em que é possível fazer o aluguel de uma casa inteira ou apenas um quarto, por quantos dias desejar.

Essa é uma dica do Casal Nômade, que constatou uma diferença significativa entre o preço de aluguel no Airbnb ou estadia em hostel em comparação com os hotéis. Desse modo, é possível economizar bastante na hospedagem.

Como economizar para fazer mais viagens

Ainda que seja possível economizar em viagens, para realizá-las, você precisa economizar durante o ano todo, não é mesmo? Isso significa, portanto, administrar melhor as suas finanças para conseguir controlar o orçamento.

Nesse sentido, o primeiro passo é organizar as suas despesas e receitas mensais, ou seja, quanto dinheiro entra e quanto sai. Com isso, é possível identificar se existem gastos supérfluos e começar a eliminá-los.

Além disso, é importante estabelecer metas mensais de economia. Por exemplo, reserve todo mês uma quantidade específica de dinheiro na poupança ou outro tipo de investimento. Assim, você alimenta o hábito de guardar uma parte do seu salário e não gastá-lo totalmente. Isso também vale para as suas despesas, ou seja, defina um teto orçamentário e não deixe que os seus gastos mensais o ultrapassem.

Com essas dicas, você consegue economizar em viagens e ainda passa a ter um melhor cuidado com a saúde financeira. Dessa forma, a organização é fundamental para administrar o seu dinheiro e isso pode ser possibilitado pela iq, que auxilia no controle da sua renda ao unir as contas mensais em um lugar só, cujo pagamento é feito com um cartão de crédito ideal para o seu perfil.

As informações foram úteis?

0 / 5 (0 avaliação)