Carro Fácil da Porto Seguro: o que os clientes estão achando?

Por Redação IQ 360

carro-facil-opinioes

Novo serviço da Porto Seguro, o Carro Fácil chegou ao mercado brasileiro para facilitar a vida de muitos motoristas. A partir de uma assinatura mensal, o cliente escolhe um modelo de carro em um contrato de 12, 18 ou 24 meses e não precisa se preocupar com mais nada. Basta pagar um valor fixo mensal que a Porto Seguro toma conta do resto. Mas como funciona esse serviço?

O que é o Carro Fácil?

A seguradora Porto Seguro pensou no Carro Fácil para atender todos os tipos de clientes, que necessitam desde modelos básicos a versões de luxo. O valor a ser pago por mês varia conforme o modelo do carro escolhido. Enquanto um modelo hatch como o Novo Ka Hatch 1.0 SE Flex custa cerca de R$ 1.000 por mês, também é possível escolher veículos mais luxuosos, como é o caso do Audi Q3 1.4 Attraction Automático, que tem um custo mensal de R$ 4.690.

O valor da assinatura inclui a maioria dos custos que o cliente terá com o veículo, menos o combustível e a possível franquia. Além das documentações, o Carro Fácil também cuida dos impostos e do seguro auto do carro escolhido. Garantindo um carro novo a cada contrato, o motorista não precisar cuidar das burocracias que envolvem a compra de um veículo novo e uma futura desvalorização na venda.

Mas, antes de contratar qualquer serviço, é sempre bom olhar a reputação da empresa que vende o produto, além de verificar o que os clientes estão dizendo sobre ele. Conhecendo os feedbacks de usuários, é menos provável cair em ciladas ou contratar um serviço ruim. Por isso, o IQ Veículos separou alguns depoimentos de clientes feitos à TV Setorial, Jornal Extra e Época Negocios para mostrar o que as pessoas estão achando do Carro Fácil.

O que os clientes pensam do Carro Fácil?

Para a gerente de vendas Poliana Ferreira, o Carro Fácil se mostra uma opção muito vantajosa para quem está cansado de fazer manutenções no veículo ou pagar o alto valor do seguro. Quando conheceu o serviço, Poliana vendeu o carro que tinha comprado há pouco tempo porque ficou atraída pela comodidade que a assinatura trazia. Juntando todo o custo mensal com o veículo, Poliana percebeu que compensava mais participar do serviço de assinatura.

Por ser gerente de vendas, o carro é uma peça essencial no trabalho e precisa sempre estar em bom estado. Com o Carro Fácil, o cliente contrata um carro 0km a cada um ou dois anos, garantindo uma boa apresentação do veículo para seus clientes. A partir de um cálculo que comparava o valor do Carro Fácil com o valor de manutenção, Poliana e o marido perceberam que o serviço da Porto Seguro seria a opção mais vantajosa.

Encantada com a comodidade que o Carro Fácil trazia, Poliana disse à TV Setorial: “Hoje eu só ponho gasolina no carro e não me preocupo com mais nada”. Para aproveitar o dinheiro economizado com o serviço, Poliana decidiu investir a quantia que gastaria se tivesse comprado um veículo.

José Carlos Júnior, empresário de 39 anos, optou por contratar o Carro Fácil tanto para uso pessoal como para ser o veículo da própria empresa. Como esse é um serviço personalizado para cada cliente, é possível escolher qual modelo é o ideal para as necessidades e para o orçamento do motorista.

Após calcular os gastos que teria comprando um veículo em vez de alugá-lo, Carlos Júnior escolheu contratar o serviço de assinatura da Porto Seguro. Em entrevista ao Jornal Extra, o empresário afirma que “no carro da empresa eu teria de dar uma entrada de R$ 15 mil e financiar o resto. Preferi investir o dinheiro na firma. Também não quis ter dor de cabeça com meu carro pessoal. Além dos gastos, há a dificuldade de vender. No último, demorei quatro meses e tive de baixar o preço”.

No caso do executivo de tecnologia José Estevam da Silva Júnior, a facilidade foi considerada o ponto principal para escolher o Carro Fácil. Desde julho de 2018, ele utiliza a assinatura para a utilização de um Ônix 1.6.

Em entrevista à Época Negócios, Silva Júnior explica que “ter um carro dá trabalho. E tem os custos iniciais, além de IPVA e seguro todo ano. Ninguém contabiliza isso”. Para ele, uma das principais vantagens no serviço é a isenção de impostos, principalmente na hora de declaração do Imposto de Renda. “Uma coisa é eu dizer para o governo que tenho um bem de R$ 56 mil. Outra coisa é falar que não tenho esse bem e, ainda por cima, tenho uma despesa mensal de R$ 1,6 mil. São coisas bem diferentes e que também precisamos levar em conta”, diz o executivo.

Por conta da comodidade que o Carro Fácil oferece, muitos motoristas estão migrando de opções tradicionais como o financiamento para o serviço de assinatura. Basta que o cliente pague uma parcela fixa mensal para ter direito a seguro auto, licenciamento, IPVA e adicionais como serviço de pagamento de pedágio.

Ficou interessado no Carro Fácil? Veja abaixo outros artigos que o IQ Veículos preparou sobre o assunto.

As informações foram úteis?

0 / 5 (0 avaliação)