Nextel vira ‘Claro nxt’. Entenda o que muda

Por Redação IQ 360

A operadora Nextel deixou de existir formalmente e agora é Claro nxt. Saiba que mudanças já valem

Mulher segurando o celular na rua

A operadora Nextel deixou de existir formalmente. A telecom havia sido vendida para a Claro no fim de 2019 e agora se chama ‘Claro nxt’. De acordo com a Claro, a mudança ocorreu “para mostrar que Nextel e Claro estão cada vez mais juntas, tornando-se uma marca só”.

Quem era cliente da Nextel não perceberá grandes alterações. Segundo a Claro, o plano do usuário continuará igual: com o mesmo valor e as mesmas condições, como a internet sem bloqueio.

No entanto, agora o cliente poderá aproveitar a internet 4.5G da Claro, que é até 10 vezes mais rápida do que a antes utilizada.

A anuidade do seu cartão de crédito vale a pena?

GUIA - Baixe o guia para descobrir. Talvez você esteja perdendo dinheiro a toa! Política de Privacidade

Acesse seu E-mail para baixar o conteúdo.

O que muda com a Claro nxt?

Quem era cliente Nextel agora passa a ter cobertura da Claro. Por isso, a operadora diz que, no celular do cliente, pode aparecer “Claro BR” ou “Nextel Claro” no canto da tela do celular.

Outro ponto que sinaliza o encerramento formal da Nextel por si só é o aplicativo. O antigo app Meu Nextel agora chama-se Minha Claro nxt. Por lá, é possível encontrar informações do plano e solicitar alguns serviços, como 2ª via da fatura e contratar pacote adicional.

Saiba+iq: Ranking revela qual é a operadora com internet móvel mais rápida no Brasil. Confira

E os números de atendimento da Claro nxt?

Por enquanto, os canais de atendimento continuam separados. Os clientes da nova Claro nxt podem usar o mesmo aplicativo de antes, o antigo Meu Nextel que apenas mudou de nome e identidade visual, e seguir com o canal de atendimento por telefone no número 1050.

A Claro afirma que “neste momento, nada vai mudar” para os clientes da antiga Nextel e ainda promete avisá-los quando ocorrem novidades.

A América Móvil, controladora da Claro, anunciou a compra da Nextel em março de 2019 e oficializou a aquisição no final do mesmo ano. A venda envolveu cerca de USD 950 milhões.