Veja o passo a passo para declarar bens (imóvel e veículo), aluguel ou empréstimos

Por Redação IQ 360

Preparamos um vídeo especial, em parceria com o Insper, que dá o caminho das pedras para o contribuinte que ainda precisa entregar a declaração

Insper_IQ
O professor do Insper, Fábio Henrique, conversa com a repórter do IQ, Bianca Alvarenga (reprodução)

A Receita Federal anunciou, no final da semana passada, que menos de 10 milhões de contribuintes tinham entregue a declaração anual de Imposto de Renda. Pelas contas do Fisco, faltavam ainda mais de 20 milhões de pessoas – cerca de dois terços do total. O fim do prazo de entrega da declaração é no dia 30 de abril. Ou seja, se você está no grupo de milhares de contribuintes que ainda não cumpriram sua parte, é importante entregar a declaração o mais breve possível para evitar multas e juros.

Uma das etapas essenciais da declaração, mas que é muito negligenciada pelos contribuintes, é o preenchimento de informações de patrimônio, como veículos e imóveis. Vale lembrar que, pelos critérios da Receita, quem tem bens cujo valor total ultrapasse R$ 300 mil precisa enviar a declaração, mesmo que não tenha tido rendimentos no ano anterior.

Os empréstimos entram no polo passivo da declaração (ou seja, são despesas, e não rendimentos) e também precisam ser informados, para que a Receita Federal saiba a origem e o destino desses recursos. Ah! E aqui é preciso dizer que quando falamos de empréstimos, também está valendo aquela dívida entre amigos ou entre parentes. No programa do Imposto de Renda, há um espaço específico para empréstimos entre pessoas físicas (na aba de dívidas e ônus reais, escolha o código 14). No vídeo abaixo, gravado em parceria com o Insper, instituição de ensino superior que é referência em administração, economia, direito e engenharia, explicamos como cumprir, passo a passo, essas etapas.

SAIBA+IQ: Principais dúvidas relacionadas à declaração do IR

As informações foram úteis?

Você não achou esse artigo útil.
Nos ajude a melhorar! Como podemos tornar esse artigo mais útil?
Agradecemos pelo seu feedback!