9 dicas para o Instagram da sua empresa fazer sucesso

Por Fernanda Santos

Com mais de 1 bilhão de usuários, o Instagram tem chamado a atenção dos donos de negócios. Com tantos potenciais clientes interagindo, não dá para ficar de fora.

Mas é preciso ter boas estratégias para conseguir aumentar as vendas e fortalecer a marca

dicas-para-empresas-no-instagram
9 dicas para o Instagram da sua empresa fazer sucesso

O Instagram ultrapassou a marca de 1 bilhão de usuários em 2018. Diariamente, 500 milhões de pessoas entram nas suas contas, 60 milhões de fotos são postadas e 1,5 bilhão de curtidas distribuídas.

Apesar de os números absolutos ainda favorecerem o Facebook (mais de 2,3 bilhões de usuários), quando se fala em engajamento a vantagem é toda do Instagram. De acordo com a Socialbakers, empresa de análise e desempenho de marketing digital, o microblog tem um público que interage mais ativamente.

Com tantos potenciais clientes se comunicando, era apenas questão de tempo para que as empresas também elevassem o Instagram à condição de rede social mais buscada para os negócios. Uma pesquisa da plataforma de conteúdo digital Rock Content diz que ele já é a mídia preferida de ao menos 47% dos donos de negócio, bem à frente do Facebook (29%). Em 2017, havia 25 milhões de perfis comerciais.

Os números servem para ilustrar quão importante é, para inúmeros tipos de negócios, divulgar seus produtos e serviços na rede social. Além de tornar a marca mais conhecida, ficar mais próximo dos clientes e ganhar credibilidade, é possível divulgar os produtos e direcionar os usuários para as páginas de e-commerce – aumentando as vendas.

O IQ conversou com especialistas em marketing e mídias sociais e reuniu dicas para os empreendedores que querem começar, ou melhorar, uma página comercial no Instagram. Confira:

1) Defina seu público alvo

Antes de mais nada, é importante saber com quem você quer falar no Instagram, ou seja, qual é o perfil das pessoas que você quer atrair para a sua página, explica Julie Chung, fundadora da agência Caravan Media e diretora de contas da ELMNTL Agency, em Nova York (EUA). Basicamente, o público alvo é formado pelos possíveis clientes do empreendedor.

“Tente pensar qual é a faixa etária deles, do que eles gostam, que tipo de assuntos eles conversam com os amigos. O que você acha que esse público alvo tem interesse em fazer”, diz Julie Chung, da Caravan Media.

Depois de descobrir quem são essas pessoas, vai ficar mais fácil decidir quais temas abordar nos posts, com que páginas interagir para conseguir novos seguidores e qual é o melhor tom de voz para usar nas postagens. “A voz é diretamente relacionada ao seu público alvo, ou seja, pessoas que podem virar seus clientes no futuro”, afirma a especialista.

SAIBA+IQ: Conheça 7 maneiras de motivar sua equipe

2) Saiba onde seu público está

Agora que você descobriu quem são seus potenciais clientes, é preciso saber onde eles estão. O Instagram é mesmo a rede social preferida deles ou costumam usar mais outras mídias, como o Facebook e o Twitter?

“Não adianta você criar milhões de perfis em redes sociais diferentes se o seu público só estiver em uma, certo?”, diz Amanda Takassiki, gerente de marketing da Insperiência e co-fundadora do coletivo Todo Mundo Precisa de um RP.

A preferência dos usuários na internet varia de acordo com a idade, profissão, local onde mora, gostos, hábitos, influência dos amigos, entre tantos outros fatores. Se seus potenciais clientes costumam usar o Instagram para se comunicar, vamos ao terceiro passo.

SAIBA+IQ: 6 dificuldades que todo empreendedor tem – e como lidar com elas

3) O que falar e com qual frequência

A etapa seguinte é definir o que falar com seu público alvo e com qual frequência. Julie Chung recomenda fazer de 3 a 4 publicações por semana, sempre abordando assuntos relevantes para o nicho. Além disso, o ideal é escrever posts curtos, evitando publicar mais de dois por dia. Os temas podem ser fixos.

“Se você tem um restaurante, por exemplo, pode falar de promoções na segunda, na quarta-feira pode postar um vinho que você vende, na quinta reposta fotos de famílias que frequentam o local e na sexta-feira fala da happy hour, dos drinks e tal”, diz a diretora de contas da ELMNTL Agency.

A especialista da Insperiência destaca ainda que não há “receitas mágicas” para as postagens. É preciso experimentar diferentes formatos e horários. “Analise e meça o engajamento das suas redes sociais. Cada negócio é um negócio”, afirma Amanda.

SAIBA+IQ: 10 mitos e verdades sobre abrir o próprio negócio

4) Faça um cronograma de posts

Para facilitar a rotina, Julie Chung aconselha organizar um cronograma mensal com todos os posts que serão publicados no mês seguinte. Se aparecer algum tema de última hora, como promoções, basta substituir um deles e guardá-lo para o mês seguinte.

“Assim fica mais fácil definir os temas e pensar sobre o que vai postar. Depois, é só ir repetindo o cronograma, mas com novos conteúdos”, diz a especialista.

SAIBA+IQ: Cheque falsificado e cartão clonado: saiba como não cair nesses golpes

5) Poste fotos boas e originais

Imagens são a principal forma de se comunicar no Instagram. Por isso, é preciso dar atenção mais que especial ao visual das suas postagens, dando preferência a fotos originais, bonitas e com boa qualidade, explica a especialista da Caravan Media.

“É bom evitar usar fotos de banco de imagens. Você pode pedir para um parente, ou alguém da sua empresa que seja bom com fotografias, de vez em quando tirar algumas fotos com um celular bom”, afirma. Se seus clientes costumam tirar e postar fotos no seu estabelecimento, você também pode repostar essas imagens, sempre dando os créditos ao usuário.

“O Instagram é tudo sobre imagem: quanto mais bonita, mais engajamento; quanto mais engajamento, mais ela vai ser distribuída nos feeds das pessoas”, diz Julie Chung.

O que evitar

Imagens sem palavras ou frases são mais otimizadas, ou seja, chegam a um número maior de pessoas. Isso porque a rede social entende que uma foto com muitos escritos pode ser uma propaganda e não se esforça em divulgá-la. A especialista indica que é melhor que a descrição fique apenas na legenda.

SAIBA+IQ: Ganhar dinheiro fazendo o que ama? É possível!

6) Pegue carona nos memes

Meme é qualquer conteúdo que viraliza na internet e alcança rapidamente um alto número de usuários. Exatamente por serem muito populares, diversos memes foram e são utilizados em grandes marcas para gerar engajamento com o público.

“É sempre importante saber o que está sendo falado na internet. Se você juntar sua criatividade com o timing de ‘conteúdo inútil’, pode criar um conteúdo que trará um grande reconhecimento da sua marca”, afirma a gerente de marketing da Insperiência.

Mas é bom sempre ficar atento ao estilo do seu público-alvo. Se ele é formado por pessoas que frequentam um meio social ou profissional mais sério, por exemplo, é indicado ter cautela com as piadas.

SAIBA+IQ: Crédito para pequeno empreendedor está ficando mais fácil e barato

7) Impulsione alguns posts

Também como forma de gerar mais engajamento do público e atingir um número maior de pessoas, Julie Chung explica que é muito importante separar parte do orçamento mensal para impulsionar os posts.

“Você pode ter mil seguidores no Instagram, mas apenas 2% deles veem o seu conteúdo. Para que mais pessoas que estão seguindo o seu perfil, e outras pessoas relacionadas ao seu serviço, vejam o conteúdo, você precisa impulsionar o post”, afirma Julie.

Os valores não precisam ser altos. É possível, por exemplo, separar R$ 100 ou R$ 200 por mês para essa finalidade e toda semana escolher dois posts mais legais para impulsionar com R$ 10 cada um. Ao patrocinar uma publicação, você deve decidir qual é o público alvo, ou seja, para quais tipos de pessoas ela vai aparecer.

SAIBA+IQ: Pequenas empresas lideram geração de empregos

8) Interaja com os usuários

Como o próprio nome diz, as redes sociais formam uma rede de conexão entre usuários. Quanto mais interagir com outras pessoas, mais conhecida e forte sua marca vai ficar.

“Um cliente em um ambiente físico precisa de atenção e quer ser ouvido. Nas redes sociais, funciona da mesma forma. Responda às perguntas, tire dúvidas e agradeça, da mesma forma que você se comunicaria com os clientes do ‘mundo real’”, diz Amanda.

Além disso, é importante ser sempre educado, disponível, falar a linguagem do seu público e saber lidar bem com as críticas, mostrando eficiência na resolução de problemas. Julie Chung, da ELMNTL Agency, também indica pesquisar as hashtags (#) relacionadas ao seu negócio e curtir as postagens que usaram essas hashtags na legenda.

Para conseguir mais seguidores, o ideal é entrar na página dos seus concorrentes, ver a lista de seguidores e seguir essas pessoas. “Assim eles sabem que você existe. Provavelmente eles estão procurando algo que você oferece, porque eles já procuraram no seu competidor”, explica Julie.

SAIBA+IQ: Quer saber como ficar rico? Conheça a Filosofia IQ de Investimentos (FIQI)

9) Acompanhe seu engajamento

Depois de seguir todas as dicas acima, é importante você medir os resultados da estratégia periodicamente. Para isso, as redes sociais têm relatórios que informam quantas pessoas acessaram a página, viram as postagens, curtiram seus posts, qual é o perfil dessas pessoas, horários de maior tráfego dos seguidores pela rede, entre outras informações relevantes.

Com esses dados em mãos e um pouco de estudo, é possível encontrar as melhores formas de se comunicar com seu público alvo no Instagram, deixar sua marca mais conhecida, aumentar as vendas e fazer seu negócio crescer.

SAIBA+IQ: DAS MEI: conheça a guia de impostos do Microempreendedor Individual

 

As informações foram úteis?

Você não achou esse artigo útil.
Nos ajude a melhorar! Como podemos tornar esse artigo mais útil?
Agradecemos pelo seu feedback!