O que é fluxo de caixa livre?

Por Redação IQ 360

o-que-e-fluxo-caixa-livre

Existem diversas métricas e indicadores que podem sinalizar a capacidade competitiva e a saúde financeira de uma empresa. O fluxo de caixa livre é um dos conceitos mais importantes desse contexto, pois representa o saldo de dinheiro resultante após a quitação de obrigações contábeis e dívidas.
É importante que o saldo do fluxo de caixa livre se mantenha positivo, pois significa que a empresa gerou mais capital do que gastou, mas quando fica negativo a longo prazo demonstra que o empreendimento gasta mais do que ganha, e por isso não consegue arcar com compromissos financeiros.
Geralmente as companhias usam o fluxo de caixa livre para pagar as principais dívidas e recompensar acionistas com dividendos. Serve também como uma referência para medir a capacidade da empresa gerar caixa além de sua estrutura financeira, o que será importante para o seu crescimento futuro.

Como calcular o fluxo de caixa livre?

Para calcular o fluxo de caixa livre é necessário conhecer o faturamento da companhia, que será a base do cálculo, que pode ser um pouco complexo e inclui diversas variáveis contábeis. Confira a seguir como ele é realizado:

Receitas líquidas – custos de vendas – despesas operacionais = EBIT

EBIT + Depreciação e outros ajustes de despesas = EBITDA

EBITDA – impostos em relação ao lucro – investimentos = Fluxo de Caixa Livre

A equação EBIT parte da sigla em inglês “Earnings Before Interest and Taxes” ou em português “Lucro antes de Juros e Imposto de Renda”, que é o lucro operacional. Já o EBITDA é “Earnings Before Interest, Taxes, Depreciation and Amortization”, ou seja, “Lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização”, que ajuda na análise da produtividade de negócios da companhia.
Resumindo, o fluxo de caixa livre vai ser igual ao Fluxo de Caixa das Atividades Operacionais (FCAO), menos Gastos com a Manutenção de Capital (GMC), que são as despesas. Assim chegamos na seguinte fórmula:

FCAO – GMC = Fluxo de Caixa Livre

Onde aplicar os índices de fluxo de caixa livre?

A análise do fluxo de caixa livre permite identificar o quanto de dinheiro ficará disponível após a quitação de despesas da empresa, além de possibilitar observar sua real situação financeira. Além disso, esse montante pode ser usado para pagar uma dívida, distribuir dividendos para acionistas ou investir no crescimento da companhia.
O crescimento do fluxo de caixa livre é um ponto importante para o aumento da competitividade e planejamento futuro da empresa. Para conseguir aumentar esse índice a companhia pode reestruturar a dívida para reduzir as taxas de juros, reduzir ou limitar despesas de capital ou ainda contratar um diretor financeiro ou formar uma equipe especializada para ajudar a melhorar as estratégias de operações de negócio.

As informações foram úteis?

5 / 5 (41 avaliações)