Empresa pode quebrar com lucro?

Por Redação IQ 360

empresa-pode-quebrar-com-lucro

Segundo dados da pesquisa Demografia das Empresas, realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), cerca de 60% das empresas fecham as portas após cinco anos de criação. Números do Sebrae confirmam a tendência e mostram que 45% das Pequenas e Médias Empresas (PME) deixam de existir nos dois primeiros anos.
Os estudos não mapeiam os motivos dos fechamentos das empresas, embora registrem que as maiores, com mais funcionários, sobrevivam por mais tempo. Isso ocorre, em grande parte por causa da falta de conhecimento de gerenciamento. Por exemplo, se a sua empresa está gerando lucros de maneira periódica e sem nenhum tipo de prejuízo, essa é a garantia de que ela não vai quebrar ou falir, certo? Errado. Infelizmente o sucesso de um empreendimento depende de diversos fatores, e mesmo que seu saldo geral seja positivo, ainda há variáveis que podem colocar tudo a perder.
Um trabalho de contabilidade bem-feito e a administração planejada são essenciais para o futuro de um negócio. Liquidez e lucratividade são apenas dois dos indicadores que representam a situação da companhia. Os lucros estão atrelados ao faturamento e pagamentos por vencimento, e por si só não revelam a real situação da saúde financeira da empresa que está relacionada a análise de diversos elementos, entre eles o ciclo financeiro.

O que é o ciclo financeiro?

Formado por diferentes variáveis, o ciclo financeiro pode refletir problemas com o fluxo de caixa e resultar no fechamento da empresa, mesmo que ela tenha lucro. Digamos que você precise desembolsar dinheiro da reserva financeira para pagar fornecedores, porque ainda vai demorar para receber o pagamento pelos produtos que comercializa. Quando o dinheiro sai do seu caixa, sem ter ainda entrado, você acaba financiando a operação da companhia.
Esse prazo em que a operação é financiada pela própria empresa é chamado de ciclo financeiro, que representa o tempo em que você leva para converter o lucro econômico em lucro financeiro. O uso dessa verba imobiliza seu capital de giro, o que pode comprometer suas operações, principalmente porque em algum momento o caixa da empresa será menor do que a demanda das operações, o que faz com que os lucros não sejam suficientes para manter o negócio e pagar as contas.
 

Como reverter o ciclo financeiro?

A melhor maneira para reverter esse tipo de situação é um estudo de diagnóstico a respeito do que pode ser otimizado para impedir o ciclo financeiro. Em alguns casos, a empresa tem um estoque maior do que deveria ou então, o prazo para o recebimento de valores de vendas é muito grande.
 
Além disso, a elaboração de um planejamento financeiro é essencial para garantir que os custos fixas serão honrados, como o pagamento de obrigações trabalhistas, por exemplo. A empresa pode se planejar para separar mensalmente valores para o pagamento do décimo terceiro no final do ano, férias e trocas de equipamentos.

As informações foram úteis?

0 / 5 (0 avaliação)