Transferwise é seguro? Confira nossa análise

Por Redação IQ 360

transferwise-é-bom

Fazer transações internacionais pode ser um procedimento caro e muito burocrático. Elas têm sido feitas por meio de bancos que funcionam nos países em que se deseja fazer essa transferência.

Os bancos alegam que a burocracia e o preço elevado são devidos aos procedimentos de comunicação entre os bancos que pode ser demorado. Obviamente que, apesar de isso ser verdade, os bancos eram o único meio de fazer esse tipo de operação. Mas isso vem mudando.

Com a evolução da tecnologia e a corrida pela praticidade na hora de utilizar serviços que deveriam ser práticos, as fintechs vêm sido desenvolvidas.

O que é fintech?

Fintech é um tipo de tecnologia que tem como objeto de trabalho as finanças de modo geral. Ou seja, bancos digitais, aplicativos de organização financeira, etc., são algumas das possibilidades fintech.

Nesse contexto surge a TransferWise. A Transferwise foi criada por dois estonianos em Londres, no ano de 2015. Ela surge justamente da necessidade de fazer transferências internacionais com mais praticidade e preços mais justos.

E a partir de então, tem se espalhado pelo mundo. Quando chegou no Brasil, agradou os brasileiros que precisavam com frequência fazer transferências internacionais e tem crescido com velocidade.

Mas, aqui cabe uma questão, que envolve qualquer tipo de tecnologia que envolva dados pessoais ou movimentação de dinheiro de seus usuários: utilizar a TransferWise é seguro?

Transferwise: movimentando dinheiro entre países

A TransferWise é uma fintech, cuja ideia é movimentar dinheiro entre países distintos com maior praticidade e preços mais baixos. Para tanto, TransferWise repassa a economia dos custos do método que utiliza para os clientes que aderem ao serviço. Isso torna as remessas do aplicativo mais baratas do que recursos semelhantes de outras organizações.

Ela recebe o dinheiro por meios locais e parceiros bancários no país de origem, então, converte o dinheiro e envia a transferência para o país de origem.

Antes de sabermos se utilizar a Transferwise é seguro, precisamos notar a relação de custo com a que os bancos praticam. Retiramos estas informações do site da Transferwise para que você perceba a diferença de custo.

ServiçoEnviandoTaxa de envioTaxa de câmbioCusto total
TransferWiseR$1000R$23,60Câmbio comercial – sem margem de lucroR$23,60 (IOF já incluso)
BradescoR$1000USD$100,00 (dólares)Taxa de câmbio com margem de lucroUSD$100 (dólares) + IOF (0,38%) + margem de lucro no câmbio + despesas potenciais do beneficiário
ItaúR$1000R$130,00Taxa de câmbio com margem de lucroR$130,00 + IOF (0,38%) + margem de lucro no câmbio +  potenciais custos do beneficiário
SantanderR$1000R$90,00Taxa de câmbio com margem de lucroR$90,00 + IOF (0,38%) + margem de lucro do câmbio + potenciais custos do beneficiário

Vale lembrar que esses valores podem estar sujeitos a alterações, principalmente no caso de negociação com o banco. Eventualmente, este pode se propor a abaixar o preço para determinado cliente, ou oferecer vantagens para que a transferência seja efetuada, vale sempre comparar as possibilidades.

Além das tarifas dos bancos mais óbvias, pode haver custos que não estão tão evidentes, inclusive dependendo dos países de origem e destino da transação.

Segurança

Já pudemos perceber que utilizar a TransferWise para fazer transações entre países diferentes, de modo geral, pode ser muito mais vantajoso do que escolher um outro tipo de serviço.

Agora, utilizar a TransferWise é seguro? Pode-se dizer que sim. Afinal de contas, a TransferWise é legalizada em todos os países nos quais opera e é regulada por bancos centrais e órgãos responsáveis por regulamentar esse tipo de atividade.

Um fator interessante na hora de utilizar a TransferWise é o fato de que não há a necessidade de andar com dinheiro em espécie. Sendo assim, o risco de sofrer um assalto com grandes       quantias na bolsa ou mochila vai a zero.

Os dados de seus usuários são protegidos por meios de criptografia. Cada vez mais esse tipo de tecnologia é utilizado para proteger o cidadão médio.

A criptografia, nada mais é do que um sistema algoritmo que tem como premissa a comunicação entre pessoas, organizações e até exércitos, sem que terceiros consigam entender ou compreender os dados ou mensagem.

Desta maneira, seus dados estão seguros e codificados de maneira que apenas o utilizador do serviço possa ter acesso.

Utilizar a TransferWise é seguro. Fazer as transações que precisa por meio desta fintech é tão seguro quanto utilizar qualquer outro banco para as transações entre os países que precisar.

A TransferWise conta hoje com mais de 3 milhões de clientes, os quais utilizam sua plataforma para enviar dinheiro em segurança. A TransferWise possui mais de 1000 funcionários em 9 escritórios ao redor do mundo.

Sistema de acesso

Para acessar a TransferWise basta procurar pelo site da fintech, e lá criar seu usuário. É possível utilizar o Facebook na hora do preenchimento de dados.

Apenas dados mais específicos, necessários em qualquer organização financeira precisarão ser preenchidos manualmente.

Como usar?

Uma das principais ideias da TransferWise é que seus clientes tenham praticidade.

Confira a taxa de câmbio: os bancos cobram uma taxa de câmbio diferente do câmbio médio definido pelo mercado. Ao câmbio comercial, adicionam uma margem, tornando o câmbio mais caro.

Crie uma conta gratuita: como já sinalizado acima, você pode usar sua conta do Facebook ou do Gmail para criar seu perfil TransferWise. Se preferir, pode inserir seu e-mail pessoal e uma senha.

Inicie a transferência: escolha qual a moeda de origem e de destino, e selecione o valor que deseja enviar. O preço total é totalmente transparente e especificado antes do final da operação.

Especifique o beneficiário: informe os dados bancários da pessoa para quem você irá fazer a transferência, ou se a conta de destino for sua, informe seus dados bancários no exterior.

Pague pela transferência: Para finalizar a operação é necessário fazer o pagamento do valor de transação. Caso o valor seja dinheiro do Brasil para o exterior, o pagamento pode ser feito via boleto bancário ou por transferência TED. Vale ressaltar que a transferência tem de ser paga por meio de sua própria conta bancária.

Reputação

No mês de Novembro de 2019, a TransferWise recebeu uma ótima nota, 8.5, no reclame aqui. Foram feitas 992 queixas e 988 foram respondidas (99,6% delas) em um prazo de até 2 dias e 19 horas. Quase 80% das pessoas que já utilizaram o serviço voltaria a usar a plataforma.

Transferwise vale a pena?

Utilizar TransferWise é seguro e vale a pena. O serviço é prático, transparente, e tem um custo mais baixo em relação aos bancos.

É sempre importante avaliar os custos do serviço que deseja utilizar, por isso a iq está aqui. Para te ajudar a planejar sua receita e entender onde pode economizar.