O que é TED e DOC? Você sabe realmente a diferença entre os dois?

Por Redação IQ 360

O avanço da tecnologia proporcionou inúmeras facilidades para pagamentos como débito automático e leitura de código de barras através do celular. Mas vira e mexe nos deparamos com a necessidade de realizar transferências bancárias. 

Apesar de ainda estar disponível nas agências bancárias e caixas eletrônicos, hoje em dia não é mais necessário ir ao banco para conseguir realizar esse tipo de procedimento, é possível fazer tudo on-line. No entanto, dependendo do tipo de transferência, o processo pode exigir uma avaliação para saber qual delas é mais vantajosa e mais barata para o seu bolso. 

Em geral, as transferências entre contas do mesmo banco não são cobradas. Já para transferir dinheiro de uma instituição para outra, será necessário fazer um DOC ou TED. Pelo serviço é cobrada uma taxa, que pode variar entre R$8 e R$16.  Alguns bancos digitais oferecem o serviço de forma gratuita. 

Mas muitas pessoas não sabem o que é TED bancário e o que é DOC. A princípio, pode parecer tudo a mesma coisa, mas a verdade é que cada um desses tipos de transferência deve ser avaliado para verificar o que é mais adequado para cada situação. 

O que é TED?

Se você ainda não faz ideia de o que é TED bancário, saiba que trata-se de uma sigla utilizada para resumir o termo Transferência Eletrônica Disponível. Essa modalidade contempla as transferências de dinheiro entre contas de bancos diferentes, sejam elas de pessoas físicas ou jurídicas. 

Não há valor mínimo mas as operações de TED, mas elas só podem ser realizadas em dias úteis até às 17h (horário de Brasília). Através desse processo, o dinheiro entra na conta do beneficiário quase que imediatamente, considerando apenas alguns minutos para que a operação seja validada. 

É importante lembrar que caso as transferências dessa categoria sejam realizadas fora dos horários estipulados, o valor só será identificado e compensado no dia útil seguinte. 

ATENÇÃO! Depois de autorizada, a TED não pode ser cancelada! 

O que é DOC?

A sigla DOC significa Documento de Ordem de Crédito. Embora tenha a mesma função de transferir dinheiro, a diferença para o TED é o seu prazo de validação de 1 a 2 dia úteis, a partir da data em que a operação foi realizada. Essa modalidade também não tem valor mínimo. No entanto, tem um limite de R$ 4.999,99 por transferência. 

Você deve estar se perguntando, se há limite de valor e o prazo de compensação é maior, qual é a vantagem de fazer um DOC? O diferencial dessa operação é que ela é reversível. Ou seja, por ter um prazo maior de compensação, a transferência pode ser cancelada antes de o dinheiro cair na conta do beneficiário. Pode parecer bobagem, mas erros de digitação na hora de realizar a operação são muito comuns e nessas horas a possibilidade de cancelar é a salvação. 

Quanto custa fazer uma TED ou um DOC?

Os valores cobrados pelas operações de TED e DOC variam de acordo com cada instituição financeira. O valor vai de R$ 8 a R$16 e muda dependendo do meio que você escolhe para fazer a transferência (presencial ou eletrônico). Fazer essas operações de forma presencial, na boca do caixa, pode sair mais caro. 

O preço também muda de acordo com o tipo de conta (conta salário, universitária, etc) e do pacote que você tem contratado com o seu banco. Há alguns tipos de conta que não pagam para fazer TED e DOC, geralmente elas tem a tarifa mensal mais cara. 

Você pode consultar a taxa cobrada pelo seu banco diretamente no site da instituição ou ainda acessar o site da Federação Brasileira de Bancos.

O valor cobrado da taxa será descontado automaticamente da conta da qual está saindo o valor a ser transferido. 

O que é necessário para fazer uma TED ou um DOC?

Para fazer qualquer uma das operações, basta você ter em mãos o nome completo do beneficiário, CPF (ou CNPJ em caso de conta jurídica), nome e o número do banco, agência e número da conta. Preste muita atenção nessa etapa do processo! E lembre-se que a operação só é reversível na modalidade DOC. Se fizer um TED, depois de autorizada, não tem mais volta. 

Fique atento pois algumas instituições não permitem realização de TED a partir de conta poupança.Verifique se o seu banco tem essa função habilitada.

Em geral, as operações pode ser realizadas através do internet banking, aplicativo, caixa eletrônico e até mesmo presencialmente nas agências. 

Como economizar a taxa de TED e DOC?

Para pessoas ou empresas que fazem transferências com muita frequência, os valores das taxas ao longo do tempo podem pesar no bolso. 

O primeiro passo é procurar o seu banco, mais especificamente o gerente da conta, para tentar negociar amigavelmente um pacote melhor, que tenha isenção de um número mínimo de transações deste tipo por mês. 

Caso não tenha sucesso nessa tentativa, você pode buscar os serviços dos bancos digitais e fintechs que são conhecidas por oferecerem serviços bancários mais baratos do que as instituições tradicionais. Não vai ser difícil encontrar uma oferta que inclua TED e DOC sem cobrança de taxas. 

De qualquer forma é preciso colocar na ponta do lápis quanto está sendo gasto mensalmente ou anualmente com as taxas bancárias para buscar a melhor opção. 

O iq te ajuda a organizar o seu orçamento e economizar dinheiro com taxas. Através da plataforma é possível unificar as despesas mensais e programar o pagamento através do cartão de crédito, eliminando a possibilidade de atrasar a quitação, fazendo com que você economize o dinheiro de possíveis juros e multas. Além disso, te ajudamos a escolher a opção de transação mais adequada para o seu perfil. 

As informações foram úteis?

Você não achou esse artigo útil.
Nos ajude a melhorar! Como podemos tornar esse artigo mais útil?
Agradecemos pelo seu feedback!

As informações foram úteis?

5 / 5 (2 avaliações)