Portabilidade Conta Salário: como mudar de banco

Por Redação IQ 360

Seja pela cobrança indevida de taxas, mau atendimento e inúmeras outras situações que geram reclamações, muitos trabalhadores optam pela portabilidade conta salário. Trata-se de um direito conquistado em 2018, graças a uma regra aprovada pelo Conselho Monetário Nacional (CMN).

Com mais liberdade para receber os rendimentos, muita gente está avaliando as melhores opções para se sentir satisfeita com os serviços bancários, inclusive por meio das contas em bancos virtuais.

Para você entender tudo sobre o procedimento, elaboramos este post com dicas incríveis. Confira!

Portabilidade conta salário: o que é?

A portabilidade conta salário nada mais é do que a troca de banco para você sacar os seus rendimentos. Ela foi criada justamente para melhorar a qualidade dos serviços prestados pelas instituições financeiras, com foco na satisfação dos clientes e organização das finanças pessoais.

Isso porque, antes da norma, muitos correntistas se sentiam lesados e não tinham para onde correr. Acabavam ficando reféns de altas taxas, problemas no atendimento, entre outros.

Afinal, a conta salário não tem taxas, mas sempre há limites, como dois saques por mês. Além disso, caso o trabalhador utilize o caixa eletrônico 24h, já paga novas taxas.

Com a portabilidade, os trabalhadores podem escolher o banco que mais se aproxima do seu perfil, fazendo a escolha certa para a obtenção de vantagens, como mais crédito, abertura de financiamentos, prazos de pagamentos, limites no cheque especial etc.

A lei que instituiu a medida é de 2006, mas o Conselho Monetário Nacional fez várias mudanças em 2018.

Entre elas, está a abertura para a utilização de instituições de pagamento, como as fintechs ou bancos digitais, que utilizam tecnologias em plataformas online.

Dessa maneira, o cidadão pode escolher a instituição que mais lhe agrade, desde que ela seja regulamentada pelo Banco Central.

No caso das digitais, por enquanto, são somente sete que estão autorizadas a receber uma portabilidade. São elas:

  • Brasil Pré-Pagos;
  • Cielo;
  • GetNet;
  • Nubank;
  • Redecard;
  • Stone;
  • Super Pagamentos.

Portabilidade do salário: passo a passo

De olho em seu entendimento sobre a portabilidade conta salário, vamos mostrar agora um passo a passo sobre as principais dúvidas que muitos clientes têm.

Há cobrança na portabilidade conta salário?

Não, a portabilidade é gratuita e deve ser aceita pelas instituições bancárias físicas ou online.

Como fazer a portabilidade?

O procedimento é bem simples. O trabalhador pode comparecer no banco escolhido ou realizar a alteração via internet.

São necessários os documentos pessoais (CPF e dados da conta, como agência e número da conta), além do nome do banco que deseja receber. Inclusive, o empregador nem precisa ser comunicado sobre a mudança.

Quanto tempo demora a portabilidade?

O processo da portabilidade de conta salário leva cinco dias úteis após o pedido de transferência.

Já o dinheiro cai na nova conta em até 12 horas após a liberação na original, sem cobrança de tarifas.

No que consiste a conta salário?

A conta-salário só pode ser aberta pelo empregador, e é utilizada para o depósito dos rendimentos do trabalhador, ou seja, a transação inicial é feita entre a empresa e o banco.

Além disso, os depósitos só podem ter como origem a folha de pagamento, sem autorização para movimentação financeira, como o depósito via cheques ou por meio de terceiros.

O banco é obrigado a aceitar a portabilidade?

Sim, desde que a nova instituição seja credenciada no Banco Central. Afinal, trata-se de uma norma jurídica, ou seja, quem desrespeitá-la pode sofrer ações por vários tipos de danos.

A conta salário aceita depósito de terceiros?

Não. Somente o empregador tem autorização para depositar na conta salário, ou seja, se você recebe dinheiro de outras fontes, terá que abrir uma conta corrente ou conta poupança.

É possível transferir um empréstimo após a portabilidade?

Sim. A transferência de crédito também pode ser levada para outro banco, desde que haja uma negociação referente à operação. As parcelas precisam estar em dia, e cada banco tem diferentes condições referentes aos empréstimos.

Na prática, a nova instituição financeira quita a dívida com a antiga e inicia uma nova cobrança do trabalhador.

Vale a pena fazer a portabilidade conta salário?

A experiência do cliente é, atualmente, uma das principais bandeiras das empresas para obter a fidelização.

Assim, a portabilidade conta salário é válida pelo fato de ser uma escolha baseada em atrativos que satisfaçam as necessidades do colaborador de uma determinada empresa.

Dessa maneira, a pessoa pode contar com novos serviços, ter prazos mais longos para efetuar os pagamentos e ainda cartões de crédito com limites maiores.

Além disso, as contas digitais abriram mais facilidades, como a movimentação via celular por meio do aplicativo da fintech ou banco.

Levando em consideração esses aspectos, podemos afirmar que a portabilidade é uma boa inciativa, desde que esteja alinhada com os desejos do cliente.

Conheça alguns cuidados na hora de fazer a portabilidade

Apesar das vantagens, é preciso ficar atento para não cair em ciladas no momento de fazer a portabilidade conta salário.

Por isso, vale a pena seguir algumas dicas para fazer a escolha certa do novo banco ou fintech. É importante informar que o saldo não pode ultrapassar R$ 5 mil, ou seja, se você ganha mais, a mudança não será tão simples.

Além disso, cada instituição financeira conta com regras próprias referentes a taxas, caso você ultrapasse o limite de saques disponíveis gratuitamente para o período de um mês.

Analise as melhores condições e a credibilidade da empresa no mercado, como a existência de caixas próximos, atendimento, facilidades tecnológicas etc.

Como existe o interesse dos bancos em conquistar novos clientes, diga quais são os seus desejos e veja se a empresa está disposta a cumprir.

Portanto, pesquise e converse com amigos no ambiente de trabalho que já fizeram a portabilidade conta salário para você não se arrepender depois.

Assim, certamente haverá mais chances de você ficar satisfeito após a transferência, aumentando as possibilidades de compras e de facilidades na hora de honrar com os seus compromissos.

E você, tem dificuldade para organizar as suas contas no cartão de crédito? Então conheça a ferramenta que vai acabar com esse problema de uma vez por todas!