Como viajar para o Paraguai gastando pouco

Por Redação IQ 360

paraguai-gastando-pouco

Paraíso das compras para brasileiros, o Paraguai oferece diversas opções de produtos importados mais baratos do que no Brasil. As opções vão desde roupas e eletrônicos, até itens de perfumaria e brinquedos, e são mais baratos pois os impostos cobrados e as exigências do governo paraguaio em relação aos fabricantes estrangeiros são menores do que em território nacional.
É possível comprar produtos de qualidade e originais, mas para isso é necessário pesquisar quais os locais confiáveis. O país faz divisa com os estados de Mato Grosso do Sul e Paraná, e você pode ir usando apenas o RG, sem a necessidade de passaporte, mas o documento deve ter no mínimo 10 anos de emissão (carteira de motorista não é aceita como identificação).
Para além do paraíso das compras, o Paraguai também tem opções de lazer e atrações turísticas que merecem a visita. Conheça a seguir dicas de como viajar ao país gastando pouco.

Dinheiro no Paraguai

Apesar de a moeda paraguaia ser o Guarani e o real ser aceito em muitos lugares, o comércio das lojas de importados na fronteira é feito principalmente em dólares, por isso prefira levá-los do Brasil. Evite usar o cartão de crédito. Além de ser aceito apenas em grandes lojas, geralmente há a cobrança de 5 a 10% a mais do valor da compra e a cobrança na fatura será convertida com a cotação do dia.

Transporte no Paraguai

Caso decida atravessar a fronteira exclusivamente para fazer compras, prefira o uso do traslado de hotéis, empresas especializadas ou ônibus. Ir de carro não é a melhor opção, pois além do risco de roubo do veículo, você terá que gastar e as opções de estacionamento são poucas e caras, além do trânsito caótico. Seguir pela tríplice fronteira, indo por Foz do Iguaçu é a maneira mais barata de entrar no país. Dependendo de onde estiver hospedado você pode ainda optar por atravessar a Ponte da Amizade a pé, como milhares de pessoas diariamente, são apenas 10 minutos de travessia.

Alimentação no Paraguai

É possível comer muito bem no Paraguai. A cidade de Assunção oferece várias opções gastronômicas de qualidade em várias faixas de preço. Além disso, também é possível optar por comer em fast food, caso queira economizar ainda mais e comer algo mais familiar. Uma dica é que restaurantes do tipo buffet ou self service do país funcionam de maneira diferente do que temos no Brasil. Lá a comida não é cobrada por peso e sim pelas opções escolhidas. O preço vai depender da combinação que fizer no prato, salada ou massa, por exemplo.

Compras no Paraguai

Como já dissemos, o Paraguai é o paraíso das compras para os brasileiros, que muitas vezes cruzam a fronteira para Ciudad del Leste apenas para isso. Apesar do grande número de falsificações, há lojas confiáveis com itens originais e nota fiscal, por isso pesquise antes a média de preço praticada para os produtos que pretende adquirir para garantir o melhor negócio.
Cuidado com ofertas muito tentadoras para evitar cair em golpes, e fique atento, o valor limite de compras livre de declaração para entrar no Brasil é de U$300 por pessoa. Se gastar acima disso deve declarar à Polícia Federal e pagar imposto calculado na hora, na fronteira.

As informações foram úteis?

0 / 5 (0 avaliação)