Diferença entre DOC e TED: tire suas dúvidas agora

Por Redação IQ 360

Todo mundo que já precisou fazer uma transferência bancária já se deparou com uma mesma dúvida: DOC ou TED, qual o melhor? Se você já teve esse questionamento, precisa saber que, embora tenham o mesmo objetivo, que é transferir dinheiro de uma conta para outra, existe diferença entre DOC e TED.

Pensando em ajudar você a tomar as melhores decisões na hora de movimentar seu dinheiro e controlar suas finanças, reunimos aqui todas as informações sobre essas duas modalidades de transferência bancária. Confira a seguir e tire suas dúvidas sobre o assunto!

Qual é a diferença entre DOC e TED?

Tempo de processamento

O DOC é, basicamente, um tipo de transferência para quem não tem pressa. Isso porque, após feitos os trâmites, o dinheiro só chegará na outra conta no próximo dia útil. Aliás, se a operação for feita depois das 21h59, o valor só será transferido 2 dias depois.

Eis, então, a principal diferença entre DOC e TED, pois, na outra modalidade, o dinheiro cai na conta ainda no mesmo dia da operação, desde que ela tenha sido feita até as 17h. Depois desse horário, o valor é transferido no próximo dia útil.

Valor limite

Também há diferenças no que diz respeito à limitação de valor para transferência bancária. Ambos não têm limitação mínima, mas, enquanto na TED o cliente pode enviar qualquer quantia, no DOC o valor máximo é de R$ 4.999,99. Então, na hora de escolher a modalidade, é preciso considerar as suas necessidades no momento.

Cancelamento e estorno

E se você fizer a transferência errado ou se arrepender? Hoje em dia, é bem difícil ter erros como a quantia ir para outra conta, já que o sistema faz o cruzamento das informações, mas pode acontecer de acabar transferindo dinheiro a mais. Assim, outra diferença entre o DOC e TED é quanto ao estorno de uma transferência. 

No caso do DOC, assim que perceber o engano, você pode ir a uma agência antes das 16h e solicitar o cancelamento. Já a TED, como o valor é rapidamente liberado para o favorecido, não é possível cancelar.

Como funciona o DOC?

O Documento de Ordem de Crédito, ou apenas DOC, é uma modalidade de transferência que apenas pode ser feita por instituições autorizadas pelo Banco Central. Os clientes podem realizar esse tipo de operação via internet banking ou na própria agência (tanto no caixa eletrônico como o interno).

Para realizar essa transferência, você precisará das seguintes informações:

  • Seu nome completo (em caso de pessoa física) ou razão social (para pessoa jurídica);
  • Número de CPF ou CNPJ;
  • Número da sua conta e da sua agência;
  • Código do seu banco;
  • Nome do destinatário ou razão social;
  • Número da conta e agência do destinatário;
  • CPF ou CNPJ do beneficiário;
  • Código da instituição do beneficiário;
  • Valor a ser transferido.

Um detalhe importante: caso alguma das informações esteja errada, a transferência não é completada. Por isso, cheque tudo antes de confirmar a operação, para não acabar tendo problemas depois.

Como funciona o TED?

A TED (Transferência Eletrônica Disponível) é uma modalidade cada vez mais procurada, inclusive mais que o DOC, pois o processo é mais rápido e o beneficiário pode receber o dinheiro ainda no mesmo dia. Essa rapidez se deve ao fato de ser um procedimento online e automático, ou seja, não precisa de compensação manual.

Para fazer uma TED, não tem mistério: todos os dados necessários são os mesmos usados para o DOC (descritos no tópico anterior) e você também tem a facilidade de realizar as operações pela internet ou nas agências bancárias. Outra vantagem, como dissemos, é que o valor é ilimitado para transferência, o que torna essa opção atrativa para várias pessoas.

Como escolher entre DOC e TED?

Agora que você já conhece as diferenças entre DOC e TED, pode surgir outra dúvida: qual devo escolher? A resposta mais adequada para essa pergunta é: depende.

Isso mesmo, essa escolha pode variar de acordo com a situação. Precisa de urgência? Então, o TED é o mais adequado, uma vez que é um procedimento mais rápido. Outro exemplo é que, se a transferência precisar ser feita para uma conta poupança, é importante checar se sua instituição financeira permite o DOC, caso contrário o TED será necessário.

Para conseguir manter a vida financeira organizada, não se pode esquecer das tarifas dessas duas modalidades. Algumas agências bancárias podem oferecer uma quantidade de transferências grátis por mês, contudo, é comum que sejam cobradas tarifas depois de acabadas as transações gratuitas. Tal valor varia de pessoa física para jurídica e, geralmente, é mais barato fazer a operação pela internet do que no caixa presencial.

Vale dizer ainda que o DOC costuma ter tarifas mais baratas que a TED. Se esse for o caso do seu banco e se você não tiver urgência, o DOC é uma opção viável. Assim, cabe a você analisar esses detalhes e escolher a alternativa que vai ser melhor para situação.

Sendo assim, é importante ressaltar que não há um valor fixo determinado para todos os bancos, então é preciso consultar sua instituição financeira ou conferir a tabela do Banco Central.

Ao longo deste artigo, você pôde perceber a diferença entre DOC e TED. Com base nessas informações, será possível analisar a melhor opção para você de acordo com suas necessidades. Fazendo a escolha certa, será possível até mesmo economizar seu dinheiro.

Portanto, cheque com o seu banco as tarifas cobradas para esse tipo de serviço ou até mesmo converse com seu gerente para tentar melhores condições. Outra saída é migrar para bancos digitais, que costumam oferecer muitos serviços gratuitos.

E então, você já conhecia as diferenças entre DOC e TED? O que achou de saber mais sobre o assunto? Deixe um comentário e compartilhe sua opinião com a gente. Até a próxima!