Consórcio Embracon é confiável?

Por Redação IQ 360

Se você já pensou em fazer consórcio e pesquisou algumas empresas para contratar, com certeza encontrou a Embracon entre elas. A administradora é conhecida e tradicional neste segmento, mas será que a Embracon é confiável? 

Confira neste artigo os detalhes sobre a empresa, os consórcios e como analisar sua credibilidade. 

Quem é a Embracon

Para saber se uma empresa é confiável, é importante começar pesquisando sua trajetória. Fundada na cidade de São Paulo no ano de 1988 pelos empresários Guido Savian e Juarez Silva, a Embracon já iniciou no ramo oferecendo consórcio de automóveis, motocicletas e imóveis.

Em 2018, a empresa passou a oferecer também o consórcio de serviços, carta de crédito que inclui viagens, estudos, festas, decorações e estética.

Hoje considerada uma das maiores administradoras de consórcios do país segundo ranking do Banco Central, a companhia expandiu seu território para além do Estado de São Paulo, chegando às regiões nordeste e sul, somando cerca de 120 filiais,  aproximadamente 3 mil colaboradores e mais de 600 parceiros comerciais.

A administradora é também representante oficial de marcas como Consórcio Renault, Consórcio Nissan, Consórcio Banese, Consórcio Abyara, entre outros. Em toda sua trajetória, a empresa entregou mais de 500 mil bens e conta hoje com mais de 160 mil consorciados.

Tipos de consórcio

Depois de conhecer a história da empresa, também é importante pesquisar os tipos de cartas de créditos oferecidos para saber se o consórcio Embracon é confiável.

A Embracon oferece atualmente quatro tipos de consórcio: de imóveis, carros, motos e serviços. Vamos conhecer os detalhes de cada um deles.

Consórcio de imóveis

O consorciado pode usar a carta de crédito para adquirir imóveis de qualquer tipo – casa, apartamento, terreno, chácara, sítio, entre outros -, novos, construídos ou na planta. Neste último caso, é preciso dar outro imóvel como garantia.

A carta também permite reformar ou quitar dívidas de imóveis financiados, por exemplo. O prazo de quitação é de 180 meses, sem incidência de juros, e o consorciado só precisa comprovar crédito quando for contemplado com o bem.

Consórcio de carros

Nesta carta de crédito, é possível adquirir um carro novo ou seminovo, de marca, modelo e cor à escolha do consorciado. 

O pagamento varia entre 36 e 80 parcelas, sem incidência de juros. Também é possível usar um veículo usado como lance para adquirir consórcio do novo, e usar o saldo excedente da carta de crédito para pagar tributos do veículo adquirido.

Consórcio de motos

Com este consórcio o participante é contemplado com uma carta de crédito para aquisição de uma moto nova ou seminova. 

O consorciado pode escolher planos mais curtos, de 36 meses, ou mais longos, até 70 meses, sem juros. Também é possível dar um lance com uma moto seminova.

Consórcio de serviços

Nesta modalidade é possível adquirir pacotes de viagens, estudos, procedimentos estéticos, festas, reformas ou serviços de decoração.

As parcelas devem ser quitadas em até 20 meses e também não tem juros. O crédito só precisa ser comprovado pelo consorciado na hora de receber o bem.

Sorteio e contemplação

Entender como funciona o recebimento da carta de crédito também é importante para saber se o consórcio Embracon é confiável.

Há duas formas de ser contemplado com o bem escolhido: por sorteio ou lance. Às quartas e sábados a administradora promove as assembleias dos grupos de consorciados, onde realizam os sorteios pela Loteria Federal. 

Ao final da assembleia são feitas as contemplações por lance, que funcionam de duas maneiras: com o lance livre, no qual o cotista que oferecer o maior lance é contemplado; ou lance fixo, em que o consorciado faz uma oferta com valores pré-fixados de 25 a 50% do valor total da sua carta de crédito.

Existe ainda o lance facilitado, que permite ao cliente utilizar 25% da carta de crédito para completar o lance.

Depois de contemplado, é importante lembrar que o cliente deve seguir um procedimento de envio de documentos para análise de documentos. Somente se passar na análise é que ele pode adquirir o bem.

Índices de confiança

Ainda não está convencido se o consórcio Embracon é confiável? Vamos consultar algumas fontes importantes que medem a credibilidades das empresas.

Reclame Aqui

Segundo o site Reclame Aqui, a reputação do consórcio Embracon é considerada ótima, tendo atingido a nota 8,1 na avaliação do site nos últimos 12 meses. 

A empresa possui perfil ativo no site há 18 anos e se considerarmos este período total, a nota cai para 7, mas ainda mantém uma reputação considerada boa, de acordo com a avaliação da plataforma.

Em todo período avaliado, a empresa respondeu 100% das reclamações – que variam entre problemas de estorno, dificuldades no processo de contemplação e no atendimento -, e resolveu 82,5% dos problemas relatados no site.

Em relação à satisfação dos clientes com as soluções apresentadas, 62,7% voltariam a fazer negócio com a empresa.

Banco Central

O Banco Central é o órgão responsável por fiscalizar todos os consórcios no país. Para consultar se a empresa é autorizada a atuar nesta área, basta acessar o site do Banco Central e buscar pelo termo “consórcio”.

O Banco mantém uma lista de empresas autorizadas no segmento e também um ranking das que recebem mais reclamações.

A Embracon consta na lista das empresas autorizadas a oferecer consórcios e atualmente não figura no ranking de reclamações – segundo o Banco Central, constam apenas 2 reclamações procedentes contra a empresa.

Como saber se o consórcio Embracon é confiável?

Levando em consideração todas as informações levantadas neste artigo, é possível afirmar que o consórcio Embracon é confiável.

A administradora é consolidada no ramo e está devidamente regularizada e autorizada pelo órgão fiscalizador brasileiro, o que traz respaldo legal para o cliente. A empresa registra um grande número de clientes contemplados e, apesar das reclamações registradas, os índices de confiança ainda indicam que há mais clientes satisfeitos com a empresa do que insatisfeitos.

Porém, isso não significa que o cliente não deva estar atento às condições oferecidas pela empresa e aos pormenores do contrato. É importante comparar e avaliar também outras opções de consórcios disponíveis no mercado.

Esta avaliação depende de diversos fatores, como a condição financeira do cliente, vantagens competitivas oferecidas por outras empresas, valores de taxas.

É preciso repensar até mesmo outras formas de adquirir o bem desejado, como investimentos, financiamentos ou empréstimos, por exemplo. Pesquise bastante antes de decidir por uma aplicação de longa duração como um consórcio.

O artigo foi útil para você? Então continue no blog do iq e veja dicas de como começar a investir com pouco dinheiro.