Como economizar dinheiro: 7 dicas para você gastar muito menos

Por Redação IQ 360

Planejamento orçamentário: saiba como fazer o seu!

Aprenda a ter maior controle das suas finanças!

Acesse seu E-mail para baixar o conteúdo.

Mesmo se esforçando, parece que nunca sobra dinheiro no fim do mês? Então, vamos lhe mostrar alguns truques que tornam essa tarefa muito mais fácil.

Na maior parte do tempo, guardar dinheiro pode parecer uma tarefa difícil. Às vezes, quando parece que vamos conseguir, surge alguma despesa inesperada com a qual temos que gastar aquela reserva: um pneu do carro furado, remédios, algum vazamento repentino na cozinha ou aumento na conta de luz.

Seja para investir, viajar ou simplesmente quitar as contas do mês, economizar dinheiro é uma meta muito buscada. O problema, em muitos casos, é não saber ao certo como fazê-lo, porém, com uma boa orientação e alguns cuidados, essa tarefa pode se tornar mais simples do que se imagina.

Observando nosso comportamento e nossa relação com o dinheiro, é possível descobrir quais são os nossos padrões de consumo e, a partir daí, encontrar formas de economizar sem muito esforço.

Na maior parte das vezes, é só prestar atenção e mudar pequenos hábitos para que o ato de economizar dinheiro se transforme em algo possível e viável. Venha ver como isso é muito mais fácil do que parece!

Para começar, busque alguns métodos que irão auxiliá-lo nessa jornada, trace metas, estipule prazos para alcançá-las e defina objetivos para o montante poupado – mudar os hábitos é um pouco difícil a princípio, por isso, nada melhor do que um bom motivo atuando como incentivador. Lembre-se sempre do motivo pelo qual está economizando, e como essa atitude agora será boa no futuro, quando conseguir realizar seus sonhos.

Você não está sozinho nessa tarefa de descobrir como economizar dinheiro. O iq saiu à frente e criou diversas ferramentas que auxiliam você a monitorar suas finanças e diminuir o tempo gasto com burocracias bancárias.

 Entre os dispositivos, estão planilhas de controle de gastos, avisos sobre qual a melhor data de compra com cada cartão de crédito, lembretes de quando está chegando o vencimento de contas para evitar multas por atraso e o armazenamento de todas essas informações em um só lugar.

Aqui vão mais algumas dicas de organização, mudança de comportamentos e formas de investir que irão ajudá-lo a economizar dinheiro sem muito esforço:

ORGANIZAÇÃO

  • Anote tudo

Para economizar dinheiro, primeiro precisamos ter noção de todos os nossos rendimentos e despesas. Não é possível resolver algo sem saber onde está a causa do problema. Por isso, é tão importante saber exatamente quanto e com o que gastamos, assim, podemos decidir quais mudanças implementaremos.

Manter uma boa planilha de gastos é essencial nesse processo. Visualizar de forma clara e organizada as despesas fixas e variáveis e os ganhos e rendimentos de investimentos, ajuda a identificar os erros e acertos para continuar confiante rumo aos seus objetivos.

  • Administre por categorias

Depois de separar e anotar tudo, fica mais fácil perceber quanto você gasta em cada categoria, como essenciais (habitação, transporte, saúde), estilo de vida (lazer, academia, restaurante) e investimentos.

O ideal para uma vida financeira saudável é que metade dos ganhos fique para os essenciais, 35% para estilo de vida e pelo menos 15% para investimentos e/ou pagamento de dívidas. É importante tratar o dinheiro separado para investimento como mais uma despesa, desse modo, você não deixará nunca de poupar.

  • Datas de vencimentos iguais

Essa é uma dica de como economizar dinheiro e tempo. Coloque as datas de vencimento de suas contas para o mesmo dia. Se você tem um emprego fixo e recebe o salário todo dia 05, por exemplo, programe todas as despesas fixas (água, luz, telefone, aluguel) para dois dias depois.

Isso vai auxiliá-lo tanto para não se esquecer de pagar nenhuma conta quanto para não sair gastando todo o dinheiro assim que o receber e, no fim do mês, ficar faltando. O iq também pode ajudá-lo com isso.

HÁBITOS

  • Cartão de crédito

Sabendo usá-lo, o cartão de crédito pode ter ótimas vantagens, com os mais diversos programas de pontos e descontos. O iq ajuda você a descobrir qual o cartão mais adequado para o seu estilo de vida e com os melhores benefícios.

Contudo, o cartão também nos faz perder um pouco a noção de quanto dinheiro temos e estamos gastando realmente. Se você está levando sustos com a conta do cartão de crédito, experimente ficar um mês sem usá-lo. Passe tudo no débito ou pague em espécie, isso fará você perceber mais facilmente o dinheiro saindo da conta e você estabelecerá limites mais rapidamente.

  • Estipule quanto quer gastar

Depois de um período anotando as despesas, já temos uma noção de quanto gastamos por mês em idas ao supermercado, por exemplo. Sendo assim, antes de sair de casa para as compras do mês, estipule quanto quer gastar e, se necessário, leve apenas esse dinheiro contado na carteira. Isso trará limites, fará você prestar mais atenção aos preços dos produtos e questionar se tudo aquilo é realmente necessário.

INVESTIMENTO

Para alcançar a estabilidade financeira, além de economizar dinheiro buscando descontos, evitando multas e cortando gastos, também é preciso guardar esse dinheiro economizado e investir.

  • Ganhos inesperados

Todo ganho a mais que surgir, seja 13º salário, pagamento de um freela atrasado ou restituição do imposto de renda, deve ir para investimentos. Como é um dinheiro extra, que dentro do planejamento mensal não é necessário para nenhuma despesa, para evitar a tentação de gastá-lo, logo que ele entrar na conta já pode ir direto para alguma das fontes de investimento.

  • Deixe os juros te ajudarem

Não dá para conseguir poupar dinheiro e guardar embaixo do colchão. Não conseguimos comprar hoje, com R$ 50,00, a mesma quantia de itens que comprávamos 20 anos atrás. É indispensável que seu dinheiro guardado continue tendo o mesmo valor de compra. Por esse motivo, é imprescindível estudar um pouco mais sobre investimentos e ver quais opções vão ajudá-lo no esforço de aumentar seu patrimônio, ao invés de diminuí-lo.

Todo dinheiro guardado precisa ser investido, mesmo aquele da poupança que não gera muitos rendimentos e pode até ser considerado dinheiro perdido (mas isso é assunto para outro tópico).

O que queremos ressaltar aqui é que não basta economizar, é preciso valorizar seu dinheiro, para que ele possa continuar rendendo e trazendo a você mais qualidade de vida.