Empréstimo pessoal do Bradesco: vale a pena?

Por Maria Teresa Lazarini

emprestimo-pessoal-bradesco

O Bradesco é um dos maiores bancos privados do Brasil. Fundado em 1953, o Banco Bradesco oferece diversos produtos financeiros para os clientes, como conta corrente, conta poupança, cartões de crédito, débito e empréstimos. Disponível apenas para correntistas, o empréstimo pessoal do Bradesco só pode ser solicitado na agência do cliente, porém, não é preciso informar o motivo do crédito.

As condições gerais do empréstimo, como prazo, parcelas e limite, mudam conforme o tipo de empréstimo. No Banco Bradesco, as opções são: crédito pessoal comum, crédito pessoal universitário e crédito pessoal vinculado, que é conhecido popularmente como consignado. Para saber as taxas de juros, requisitos e como contratar um empréstimo pessoal no Bradesco, confira o texto a seguir.

Quem pode contratar o empréstimo pessoal do Bradesco?

O empréstimo pessoal do Bradesco é destinado apenas a correntistas do banco com idade maior que 18 anos. É necessário que o cliente tenha uma conta corrente ativa. Caso possua apenas uma conta-poupança, ele ainda deve criar uma conta corrente no Bradesco – os passos estão explicados no artigo Como abrir uma conta no Bradesco.

Mesmo que a solicitação de crédito seja avaliada pelo banco, negativados geralmente não são aprovados pelo Bradesco. Caso você esteja com o nome sujo na praça e busque crédito, vale a pena conferir as plataformas específicas para negativados, como Simplic, Money Man ou Bxblue.

Diferentemente dos negativados, profissionais autônomos podem solicitar um empréstimo pessoal no Banco Bradesco, mesmo que não tenham comprovante de renda. Nesse caso, o banco vai analisar a movimentação da conta corrente do cliente e em seguida avaliar a situação de crédito.

Quais são os tipos de empréstimo pessoal do Bradesco?

O Banco Bradesco oferece três tipos de empréstimo pessoal para os correntistas. Além de todos estarem sujeitos à análise de crédito, o Banco Bradesco não determina um limite para cada tipo de empréstimo. O valor do crédito é específico para cada correntista e pode ser consultado por meio do internet banking, pelo Fone Fácil ou pelas máquinas de autoatendimento. Entenda a seguir cada uma das modalidades:

Crédito Pessoal

O Banco Bradesco não informa um valor mínimo ou máximo para o empréstimo pessoal, uma vez que ele define a quantia de crédito conforme o perfil do correntista. Quanto ao prazo, o cliente tem até 48 meses para pagar o empréstimo no débito automático em conta corrente. Além disso, o banco disponibiliza até 60 dias para pagar a primeira parcela e o IOF é financiado e adicionado no valor das parcelas.

Crédito Pessoal Vinculado

Esta modalidade de empréstimo do Bradesco é um empréstimo consignado privado: por meio de parceria entre o Bradesco e a empresa que o correntista trabalha, as parcelas do crédito são descontadas automaticamente da folha de pagamento do funcionário. Para saber se a sua empresa trabalha com esse tipo de empréstimo, consulte seu RH ou a Central de Crédito do Bradesco, no número 0800 273 3486.

Para o crédito pessoal vinculado, o Bradesco cobra parcelas a partir de R$ 20 até 30% da renda líquida. Esse modelo de crédito é o único que possui um limite de contratação, que no caso é um valor de até 4 salários líquidos do cliente.

Crédito Pessoal Universitário

Modalidade de empréstimo pouco divulgada pelo Bradesco, o crédito universitário é exclusivo para estudantes de graduação que precisam de crédito com valor superior a R$ 1 mil. As parcelas de pagamento do empréstimo são a partir de R$ 20 e o universitário tem até 40 meses para pagar. Lembre-se que o limite do crédito varia para cada correntista, mas pode ser consultado no internet banking, Fone Fácil ou pelas máquinas de autoatendimento.

Quais são os juros do empréstimo pessoal do Bradesco?

Os juros do empréstimo pessoal do Bradesco variam conforme a opção de crédito escolhida. Veja, a seguir, a porcentagem cobrada, conforme consultado no Banco Central do Brasil em janeiro de 2019:

Crédito pessoal comum: 5,8% por mês / 96,8% por ano

Crédito pessoal vinculado: 2,35% por mês / 32,09% por ano

Crédito pessoal universitário: não disponibilizado pelo Bradesco

+Saiba mais: Qual é a diferença entre juros ao mês e ao ano?

Como contratar o empréstimo pessoal do Bradesco?

Os empréstimos online facilitam muito a vida de quem quer solicitar crédito. É possível fazer uma solicitação de crédito sem sair de casa apenas com a conexão de internet. Mas o Bradesco ainda não oferece essa opção para os clientes. Para pedir um empréstimo pessoal no banco, o correntista ainda deve ir até a sua agência bancária.

Caso o cliente deseje um valor acima do limite pré-aprovado estabelecido pelo banco, ele deve procurar o gerente para uma readequação. Para isso, é recomendado levar documentos que comprovem a renda dos últimos três meses e a cópia da última declaração de imposto de renda, caso o correntista tenha declarado o imposto. Se o banco aprovar a proposta de empréstimo, o crédito é liberado imediatamente na conta corrente para ser usado como quiser.

Quais são os canais de atendimento para o empréstimo pessoal do Bradesco?

Para tirar dúvidas, pedir informações ou saber o status do empréstimo, os correntistas podem usar três canais de comunicação com o Banco Bradesco:

Presencialmente – em uma agência Bradesco

Chat online – pelo site do Bradesco

Central de Crédito – no número 0800 273 3486
Horário de atendimento: de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h, e aos sábados, das 9h às 15h.

Vale a pena pedir empréstimo pessoal do Bradesco?

O Bradesco é um dos maiores bancos do Brasil e é considerado como uma instituição altamente confiável. Além de atuar há 65 anos no mercado financeiro nacional, o banco é reconhecido internacionalmente. No Reclame Aqui, o Bradesco está com nota 7,7 e selo “Bom”, o que avalia a atuação do banco como um todo, não somente em relação a crédito pessoal.

Atendimento

O banco presta um bom atendimento aos clientes, uma vez que respondeu 98,8% das reclamações e resolveu 80,8% dos problemas publicados no Reclame Aqui. De todos os clientes que reclamaram, 68% voltariam a fazer negócio com o banco.

Entretanto, apesar de o Bradesco aceitar autônomos para o crédito pessoal, o banco ainda está atrasado no serviço de crédito e apresenta poucos atrativos. Além de não oferecer contratação de empréstimo online, é necessário que o correntista vá até a sua própria agência para solicitar crédito, o que dificulta a acessibilidade do cliente.

Taxas de Juros

Em relação às taxas de juros do empréstimo pessoal, o Bradesco apresenta uma porcentagem alta quando comparada às financeiras. A Geru, por exemplo, cobra juros a partir de 1,88% por mês e a Lendico, outra instituição financeira de crédito, cobra juros mensais de 3,52%. No Bradesco, a tarifa é de 5,8% por mês.

O Banco Bradesco também costuma recusar empréstimo pessoal para negativados, mas é possível encontrar instituições financeiras que aceitam este tipo de crédito 100% online, como é o caso da Simplic e Moneyman.

Se você procura um crédito pessoal ideal para o seu perfil, encontre a melhor opção na ferramenta gratuita de simulação do IQ Empréstimos!

As informações foram úteis?

0 / 5 (0 avaliação)