Rastrear cartão pelos Correios: veja como funciona

Por admin

Rastrear cartão pelos Correios é simples e fácil. A consulta é feita na página de rastreamento dentro do próprio site da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos.

Acompanhar o status da solicitação do cartão, além de reduzir a ansiedade, é importante para saber se está tudo certo com o transporte. Os dados costumam ser detalhados: o sistema informa, inclusive, o momento em que o carteiro sai do centro de distribuição rumo ao seu endereço.

Se você é daqueles que ficam ansiosos para saber se o cartão está chegando, descubra, a seguir, como fazer o rastreamento de forma rápida e prática.

É possível rastrear cartão pelos Correios?

Com o código de registro ou CPF/CNPJ, é possível rastrear cartão pelos Correios – bem como outros tipos de mercadorias. A pesquisa é feita no site da empresa, no campo “Rastreamento de objetos”.

A consulta através do CPF/CNPJ foi lançada no aniversário de 355 anos da empresa, em 2018, com o objetivo de facilitar a vida do usuário.

O presidente dos Correios, na ocasião, afirmou que o serviço era uma reivindicação antiga dos clientes.

“Criamos uma ferramenta que irá melhorar a experiência de quem usa os nossos serviços. Agora, basta informar o número do CPF para saber o andamento de uma encomenda”, ressaltou Guilherme Campos na época.

Como rastrear cartão pelos Correios

Você pode rastrear cartão pelos Correios das seguintes maneiras:

  1. Código do produto, composto por 13 dígitos (números e letras);
  2. CPF/CNPJ.

É possível descobrir a data em que o objeto foi postado, a localização atual e a estimativa de quando a entrega será feita.

Consulta com código de rastreamento

Rastrear o cartão usando o código de rastreamento é o método mais conhecido dos usuários. Com ele, é possível localizar um único objeto (consulta individual) ou uma lista de objetos.

O processo é mais trabalhoso, já que todos os códigos precisam ser digitados corretamente de acordo com a quantidade de postagens, como nos exemplos a seguir:

  • Único objeto: digite no campo “Rastreamento de objetos” o código com os 13 dígitos alfanuméricos e clique no botão “Pesquisar”. Ex: SS123456789BR;
  • Vários objetos: se você está em busca de duas ou mais encomendas com códigos independentes, deve separá-los com ponto e vírgula. Ex: SS123456789BR; SSB912345678R.

É possível digitar até 50 códigos de 13 dígitos cada, separados por ponto e vírgula. Para consultar um intervalo de objetos sequenciados, é preciso separar os indicadores com traço.

Consulta por CPF ou CNPJ

A funcionalidade de rastreamento por meio do CPF ou CNPJ é gratuita, e serve tanto para quem envia quanto para quem recebe. Basta o remetente informar os dados do documento durante a postagem no balcão da agência.

Feito isso, a consulta sobre o andamento do objeto pode ser realizada a qualquer momento na página de rastreamento dos Correios.

Portanto, para rastrear o cartão usando CPF ou CNPJ, os passos são os seguintes:

  • Acesse o link de rastreamento dos Correios (clique aqui);
  • Em seguida, faça seu cadastro no idCorreios (link aqui);
  • Caso você já tenha se cadastrado, basta entrar com login e senha (aqui).

Efetuado o cadastro e o login, com apenas o número de um documento é possível visualizar os últimos 50 objetos associados ao CPF ou CNPJ com alguma movimentação nos últimos 180 dias.

É bem mais simples e prático do que os códigos de registros.

Contate a administradora para rastrear cartão

Administradoras de cartões (bancos e fintechs) que usam os Correios como solução logística têm adotado cada vez mais a nova ferramenta de registro com CPF/CNPJ no momento da postagem.

Mas se você não está conseguindo rastrear seu cartão ou se o prazo dado pela instituição financeira já expirou, é uma boa ideia entrar em contato diretamente com a empresa.

As empresas possuem canais diversos de atendimento ao consumidor, seja por telefone, chat ou e-mail. Ao entrar em contato, basta informar seu CPF para rastrear o cartão ou informar que houve um problema no recebimento.

E se a administradora do seu cartão enviou o objeto por uma transportadora, é provável que ela tenha enviado o link de rastreamento por e-mail ou aplicativo. Então, além da sua caixa de entrada, experimente verificar as funcionalidades do app da empresa.

Em alguns casos, é possível rastrear o cartão diretamente pelo aplicativo, conferir o prazo de entrega e até acionar o atendimento pelo chat. Nesse caso, vai ser mais fácil do que fazer uma ligação, informar o CPF e esperar o atendente localizar o objeto.

Gostou das dicas deste artigo? Ao assinar nossa newsletter, você terá acesso a conteúdos como este e muitos outros!