O que é a fatura do cartão de crédito?

Por Redação IQ 360

fatura-cartao-de-credito

Em compras realizadas no débito, o dinheiro sai automaticamente e imediatamente da conta bancária, de forma que os gastos são contabilizados e você não precisa mais se preocupar com aqueles valores.

Com o cartão de crédito, no entanto, as coisas funcionam de um jeito diferente.

Compras no crédito, sejam à vista ou parceladas, não afetam imediatamente seu saldo no banco. O pagamento por essas compras é feito depois, sendo realizado por meio da fatura do cartão de crédito.

Nela são encontrados todos os parcelamentos e gastos do mês.

Verificar a fatura do cartão de crédito é essencial para identificar compras irregulares e para manter o controle de quanto se está gastando.

Para ter certeza do controle de gastos e de que você não está sofrendo fraudes, então, é essencial saber o que é como ler as informações na sua fatura.

Descubra aqui tudo o que precisa para ler, pagar e administrar melhor seus gastos no cartão de crédito.

Saiba como ser aprovado para um cartão de crédito!

Confira dicas exclusivas no ebook iq para aumentar as chances de ser aprovado para um cartão de crédito Política de Privacidade

Acesse seu E-mail para baixar o conteúdo.

O que é uma fatura?

A fatura é o documento na qual todos os gastos e parcelamentos que serão cobrados daquele mês são apresentados. É por meio de seu código de barras que o dono do cartão pode realizar o pagamento, controlando suas finanças e se preparando para os meses seguintes.

Na fatura, todas as informações sobre as compras e pagamento podem ser encontradas e controladas. O usuário tem acesso ao valor de cada compra ou parcela, o nome do estabelecimento, a data de compra, o valor pago no mês anterior, o total a ser pago naquele mês e o valor mínimo obrigatório.

Ainda que pareça simples, são poucas as pessoas que sabem, realmente, o que cada um desses elementos significa.

Conhecer os dados presentes nas faturas é essencial para controlar os gastos mensais e se programar com pagamentos, evitando atrasos e seus juros.

Interpretando as informações da fatura do cartão de crédito

A fatura pode ser dividida em diversas partes e dados diferentes que você deve aprender a ler para saber como seu dinheiro está sendo gasto e saber o que já foi pago e o que ainda deve pagar. 

As faturas não são sempre iguais, a posição das informações pode mudar de uma operadora de cartão para a outra, mas, ainda assim, todos esses dados estarão lá.

Veja aqui as informações que aparecem na sua fatura:

Cabeçalho

A primeira parte da sua fatura é o cabeçalho com os dados principais. Em geral, o que se encontra ali são as informações de entrega da fatura, ou seja, seu nome e endereço, o valor total da fatura e o valor mínimo, que explicaremos mais tarde e a data de vencimento.

Em alguns caso você pode encontrar, ainda, no topo da fatura o código de barra e as possibilidades de parcelamento do pagamento daquele mês. A posição desses elementos depende de como a operadora organiza os dados, sendo que algumas colocam o código de barras só no final.

Linhas de crédito

É onde você descobre mais sobre os limites do seu cartão. Em geral, mostra o limite total, quanto dele já foi gasto, quanto ainda tem disponível no crédito e qual valor disponível para saque, caso seu cartão possua essa função.

Acompanhar as mudanças nesses dados é essencial para saber como andam suas finanças. Sabendo quanto do seu limite está comprometido para os próximos meses fica mais fácil de controlar os próximos gastos e se organizar com futuras faturas.

Juros

Existem diversas taxas de juros para cartões de créditos e todas elas aparecem na fatura.

Ainda que elas já sejam calculadas automaticamente na sua fatura e você não tenha, necessariamente, que conhecer todas para efetuar o pagamento, saber quais são essas taxas te ajuda a controlar futuros gastos.

Entenda que, mesmo marcando todas as compras realizadas, para saber de quanto será a fatura do mês seguinte é necessário calcular o acréscimo desses juros.

Os juros que mais comumente aparecem na fatura são:

  • Parcelamento – porcentagem cobrada ao parcelar a fatura.
  • Crédito Rotativo – porcentagem de juro cobrado quando apenas o valor mínimo da fatura é pago.
  • Saques – taxa cobrada ao realizar um saque e dinheiro com o limite de crédito.
  • Compras parceladas com juros – juros cobrados nos parcelamentos de compras que constam na fatura, é o que gera o valor do CET (Custo Efetivo Total) que é o valor do produto somado dos juros e encargos.

Descritivo de gastos

No descritivo sua fatura vai apresentar todas as compras realizadas e que estão sendo cobradas naquele mês. 

É essa a parte da fatura mais importante de ser verificada, já que é aqui que é possível verificar fraudes, compras irregulares e duplicações de cobranças.

No descritivo dos gastos é possível verificar:

  • Data da compra;
  • Nome do estabelecimento;
  • Número da parcela sendo cobrada e total de parcelas para aquela compra;
  • Valor da cobrança.

No descritivo você ainda encontra informações sobre reembolsos. Quando a compra e questão está sendo paga o valor aparece normalmente, já quando é um valor que está sendo devolvido, como o de uma cobrança indevida ou o pagamento da fatura do mês anterior, você vai encontrar um sinal de – (menos) na frente do valor.

Dados da instituição

Caso alguma irregularidade apareça na sua fatura você deve entrar e contato com a instituição responsável pelo cartão, certo? 

É para isso que você precisa dos dados apresentados na fatura, como o número do SAC, da Central de Atendimento do Banco e da Ouvidoria.

Valores: total e mínimo

Esses dois valores aparecem logo no começo da fatura do cartão de crédito e, se não receberem a devida atenção, podem causar diversos problemas. Muitas pessoas acabam confundindo os dois e nós explicamos por quê.

Há algum tempo, o valor mínimo era estabelecido como sendo 15% do valor total da fatura. No entanto, essa regra foi modificada e, atualmente, cada banco pode definir que valor mínimo deseja cobrar.

Por esse motivo, a diferença entre o valor total e mínimo, muitas vezes, não é grande, o que pode, em um momento de desatenção, causar confusão e fazer o dono do cartão pagar o valor mínimo, quando, na verdade, queria pagar tudo. O problema em errar o valor são os juros inseridos no momento que o valor mínimo é pago.

Além disso, após pagar o valor mínimo, o restante do que deveria ser pago entra em crédito rotativo, caindo de volta na fatura do mês seguinte, fazendo com que ela se torne mais alta. 

Com isso, toda a organização para os pagamentos dos meses seguintes pode ser prejudicada e um erro pode se tornar uma grande dívida.

Fatura do cartão de crédito: cuide de suas finanças

Entender os dados da fatura é essencial para ter maior controle do orçamento mensal. Quando não nos preparamos para os pagamentos que estão por vir, podemos acabar em uma situação onde não há dinheiro suficiente e as contas entram em atraso.

Atrasos, pagamentos de valores mínimos e parcelamentos de fatura, para muitas pessoas, podem parecer inofensivos. Se entender exatamente como as taxas de juros funcionam, a porcentagem de cobrança parece baixa.

O problema em não acompanhar suas faturas é esse: o juro pode realmente ser baixo, os cartões de créditos são dívidas cumulativas.

Ao atrasar um pagamento para o mês seguinte você não terá que pagar apenas o valor que faltou mais juros, mas também as parcelas e compras que ainda estavam em aberto.

Tenha o controle de seus cartões de crédito é essencial para não criar uma dívida grande e perder o controle. Acompanhe os conteúdos do iq e saiba ler a fatura do cartão de crédito e como evitar e sair de dívidas.